Mercado Sporting: a operação relâmpago do PSV para levar St. Juste
St. Juste, defesa-central de 27 anos. MIGUEL NUNES/ASF

Mercado Sporting: a operação relâmpago do PSV para levar St. Juste

NACIONAL29.01.202408:15

Líder do campeonato dos Países Baixos avança mesmo para o central leonino; empréstimo com opção de compra; SAD quer reaver investimento de €10 milhões feito no verão de 2022

O PSV está realmente interessado em Jeremiah St. Juste, central neerlandês de 27 anos do Sporting, e apurou A BOLA junto de fontes nos Países Baixos que o clube de Eindhoven tem já preparada uma operação relâmpago para conseguir o concurso do defesa leonino o mais cedo possível antes do fecho do mercado - inscrições na Eredivisie possíveis até dia quinta-feira. O PSV está empenhado em realizar uma investida que garanta o empréstimo, até final da temporada, do camisola 3 dos verdes e brancos, assegurando a possibilidade de exercer opção de compra para continuar com o central para lá de 2023/2024 - até porque o central brasileiro André Ramalho está em final de contrato.

O PSV está focado na conquista do título - à 19.ª jornada segue em 1.º lugar, com 55 pontos, mais 12 do que o 2.º classificado, o Feyenoord - e vê no defesa-central leonino o reforço ideal para ajudar a equipa a manter a consistência defensiva. Daí que tenha preparado valor para pagar uma taxa de empréstimo que pode andar andar na ordem do meio milhão de euros.

Em Alvalade todos reconhecem enorme talento a Jeremiah St. Juste mas as inúmeras lesões que o têm afasto muitos meses da competição levam a administração a levar a cedência em linha e conta - desde que chegou a Alvalade, no verão de 2022, o neerlandês passou já por sete períodos de impossibilidade competitiva, o último deixou-o fora do leque de opções de Rúben Amorim desde início de dezembro último. Por outro lado, o regresso do marfinense Ousmane Diomande do Campeonato Africano das Nações - joga os oitavos de final esta segunda-feira com o Senegal -, o mais tardar em fevereiro, e ascensão de Eduardo Quaresma aumentam as opções para o lado direito do trio defensivo e por isso o empréstimo poderá mesmo ser uma realidade, até porque esta operação abre espaço a uma saída em definitivo, com o consequente retorno financeiro.

St. Juste tem contrato até 2026. MIGUEL NUNES/ASF

Esse retorno seria garantido por uma cláusula de comprar, a acionar no final da época, pois os leões quererão sempre, pelo menos, recuperar o investimento de 10 milhões de euros que em 2022 fizeram no neerlandês, que foi contratado ao Mainz, da Alemanha.

St. Juste participou em 40 jogos do Sporting (apenas oito esta época) e marcou um golo - no 2-0 ao Estoril, na 5.ª jornada da temporada passada. Tem contrato válido com os verdes e brancos até junho de 2026 e cláusula de rescisão de 45 milhões de euros. Não joga desde 4 de dezembro, dia em que fez entorse no tornozelo esquerdo no jogo com o Gil Vicente (3-1). Já esteve no banco de suplentes na terça-feira, na meia-final da Taça da Liga - 0-1 com o SC Braga.