Jenni Hermoso em tribunal: «Não me senti respeitada como jogadora ou como pessoa»
Rubiales IMAGO

Jenni Hermoso em tribunal: «Não me senti respeitada como jogadora ou como pessoa»

INTERNACIONAL09.10.202322:47

Internacional espanhola foi hoje ouvida pela justiça espanhola sobre o Caso Rubiales

Jenni Hermoso foi esta segunda-feira ouvida pela justiça espanhola sobre o polémico beijo do presidente da federação Luis Rubiales, entretanto já demitido na sequência de toda a polémica. A internacional espanhola reiterou a versão de uma ação não consentida por parte do ex-dirigente.

Consensualidade do beijo: «Não foi consensual. Não me senti respeitada como jogadora ou como pessoa.»

Momento do beijo: «Fiquei em choque. Em nenhum momento poderia esperar que fosse acontecer. Ele era uma pessoa confiável e ninguém esperava isto, por mais espontâneo que tenha sido.»

Sobre não ter parado os festejos: «Fui corajosa e continuei a desfrutar com as minhas colegas de equipa. Não queria arrepender-me de não aproveitar aquele momento.»

No balneário: «Ele tentou desviar um pouco o assunto e disse que tínhamos uma viagem paga para Ibiza quando quiséssemos. Ele agarrava-me pelo ombro porque eu estava ao lado dele. Ali comecei a sentir-me desconfortável e vi que algo mais sério estava a acontecer. Que o que tinha acontecido não era normal e não o foi em momento nenhum.»