Incidente obsceno com Ocampos vai chegar ao Tribunal de Menores
Lucas Ocampos (Imago)

Incidente obsceno com Ocampos vai chegar ao Tribunal de Menores

INTERNACIONAL06.02.202411:08

Também insultos racistas ao marroquino En-Nesyri encaminhados para a Justiça pela La Liga

Noite polémica no Rayo Vallecano-Sevilha, com dois casos delicados extra-futebol.

Segunda-feira à noite já tinha sido destacado o gesto obsceno de que  foi alvo Lucas Ocampos – quando o jogador do Sevilha se preparava para um lançamento de linha lateral, um adepto colocou-lhe o dedo no rabo. 

Entretanto soube-se também que o jogador marroquino En-Nesyri, que marcou os dois golos da vitória dos andaluzes (2-1) foi alvo de insultos racistas.

Quanto ao caso de Ocampos, os jornais Marca e Desmarque referem que o rapaz, menor, identificável através da transmissão televisiva, já foi identificado e a La Liga vai encaminhar o caso para o Tribunal de Menores para investigação.

No final do jogo, o argentino pedira à La Liga que procedesse a uma investigação e tivesse mão dura como com o racismo, bem como o clube, através de comunicado.

Por outro lado, a transmissão televisiva captou também os insultos a En-Nesyri, como «mouro filho da p***». A La Liga deverá denunciar o caso à Procuradoria contra crimes de ódio.