Galatasaray e Fenerbahçe retidos: governo saudita proibiu saída dos aviões

Galatasaray e Fenerbahçe retidos: governo saudita proibiu saída dos aviões

INTERNACIONAL29.12.202320:30

Depois de o jogo da Supertaça, em Riade, ter sido cancelado por motivos políticos, Fenerbahçe e Galatasaray dirigiram-se para o aeroporto local, onde os esperavam dois aviões privados para fazerem a viaja de regresso a Istambul.

Contudo, segundo a Imprensa turca, o governo saudita, como medida de retaliação, proibiu a saída das aeronaves da pista, alegando «excesso de tráfego aéreo», pelo que terá de ser o Ministério dos Negócios Estrangeiros turco a encontrar uma solução diplomática para que as duas equipas possam voltar a casa.