Farense: José Mota quer dar sequência aos bons resultados
José Mota, técnico do Farense. Foto: IMAGO/Maciej Rogowski

Farense: José Mota quer dar sequência aos bons resultados

NACIONAL29.12.202313:59

Treinador dos algarvios reconhece que o Estoril está motivado, mas está otimista para o jogo deste sábado.

Com elogios ao Estoril e muita confiança nos seus jogadores, José Mota está otimista na obtenção de um resultado positivo neste sábado, às 15:30h. 

«Temos trabalhado muitíssimo bem, estão todos muito concentrados, temos tudo para fazermos um bom jogo no Estoril. Pelo desempenho que os jogadores têm tido ao longo destas duas semanas, faz-me estar otimista para este jogo. Reconheço que o adversário está a passar um momento bom, está motivado pelos resultados que têm obtido, tem conseguido bons jogos e boas vitórias. Espero um adversário extremamente difícil e motivado. Vai ser um jogo competitivo, em que ambas as equipas têm capacidade de proporcionar um bom espetáculo», acredita o treinador do Farense, que não pode contar com o avançado Zé Luís, devido a lesão. 

«É verdade que estamos há três jogos sem perder fora. É um bom ciclo, positivo, com adversários muito difíceis. Foram sete pontos conquistados e o que nós queremos é dar sequência a estes bons resultados», disse ainda, sobre o momento que os algarvios atravessam no campeonato. 

Em caso de triunfo no Estoril, o Farense fica a outra vitória (com dois jogos por disputar) de alcançar a melhor 1.ª volta da sua história, na 1.ª liga. Os melhores registos ocorreram em 1974/75, com Mário Lino no comando, em que obteve 7 vitórias e 2 empates, e em 1993/94, com Paco Fortes, com 8 vitórias e nenhum empate. Atualmente, os algarvios somam 5 vitórias e 3 empates. «Com certeza que sabemos, ligamos e estamos atentos às estatísticas. Não é que seja muito importante. O importante para nós é vencermos, conseguir pontos, ter um nível exibicional aceitável. Se conseguirmos a aliar a esse fator e podermos fazer a melhor 1.ª volta da história do Farense, é sinal de que conseguimos os pontos necessários para atingir esse desiderato, mas não é um objetivo. O nosso objetivo é fazermos um bom jogo no Estoril e vencer. Não foge à regra, é a nossa forma de pensar daquilo que nós pretendemos para todos os jogos. Se conseguirmos vencer, sabemos que poderemos estar muito perto desse objetivo», referiu o treinador sobre esse dado. 

José Mota falou ainda sobre o mercado, que reabre em janeiro. «Estamos atentos a tudo o que é mercado, mas não estamos obcecados. Eu estou muito contente com o meu grupo, que me tem dado garantias, tem-me dado sequência a nível de trabalho. É um grupo muito motivado e responsável eu não quero perder nenhum destes atletas que está a trabalhar comigo. Se as coisas acontecerem, acontecem de uma forma natural, já tenho experiência suficiente para perceber que isto é normal nas aberturas de mercado», disse.