Destaques do Farense: Bruno Duarte, ‘moiro’ de trabalho, recompensado com um golo

Destaques do Farense: Bruno Duarte, ‘moiro’ de trabalho, recompensado com um golo

NACIONAL06.11.202323:56

O avançado brasileiro esteve nas duas grandes penalidades, sofrendo uma e marcando na outra.

O melhor para A BOLA: Bruno Duarte (7)

Esteve nos dois golos do Farense, marcados ambos de grande penalidade. No primeiro viu Arruabarrena derrubá-lo quando surgiu isolado dentro da área, com a grande penalidade a ser cobrada por Mattheus Oliveira, e no segundo transformou o castigo máximo, após mão de Montero. Batalhou até final e até ajudou a defender.

Ricardo Velho foi o primeiro jogador da equipa algarvia a destacar-se, evitando que Jason marcasse num remate cruzado. O guarda-redes continua com a bitola alta, principalmente na 2.ª parte, em que teve mais trabalho. Zach Muscat voltou ao onze e formou com Gonçalo Silva uma dupla de centrais segura. Os movimentos ofensivos dos algarvios passaram muito pelos pés de Mattheus Oliveira, com o médio brasileiro a mostrar que está num bom momento de forma, decidindo sempre bem nos passes ou na retenção da bola, quando necessário. Vítor Gonçalves foi uma agradável surpresa no onze inicial, assinalando com certeza nos passes, principalmente de longa distância, à procura da rotura. Na frente, além de Bruno Duarte – o melhor em campo para A BOLA – também Belloumi e Marco Matias estiveram bem, apesar de no 2.º tempo, no momento do aperto do Arouca, a missão ter passado mais por fechar os corredores.

As notas dos jogadores do Farense

Ricardo Velho (6) Pastor (5) Gonçalo Silva (6) Zach Muscat (6), Talocha (5), Vítor Gonçalves (6) Cláudio Falcão (5), Mattheus Oliveira (6), Belloumi (6) Bruno Duarte (7), Marco Matias (6), Rui Costa (5), Càseres (5), Fabrício Isidoro (5), Artur Jorge (-) e Rafael Barbosa (-)