Casa Pia: Larrazabal aguardado a tempo do regresso ao trabalho
Gaizka Larrazabal, do Casa Pia, pontapeia a bola pressionado por Pedro Sá, do Estrela da Amadora, em jogo pela Liga de futebol.

Casa Pia: Larrazabal aguardado a tempo do regresso ao trabalho

NACIONAL25.12.202316:42

Lateral espanhol foi o único estrangeiro a ser autorizado a rumar ao seu país para celebrar o Natal, por força da proximidade geográfica, e é aguardado a tempo de participar no primeiro treino da semana, agendado para esta terça-feira

Tal como grande parte dos emblemas que disputam a Liga, o Casa Pia tem agendado para esta terça-feira o seu regresso ao trabalho, mais concretamente para o período da tarde, e procurará fazê-lo praticamente na sua máxima força, tanto mais que apenas registava – pelo menos até à suspensão dos trabalhos, para o cumprimento da quadra natalícia – apenas um lesionado, e de longa duração, como Kiki Silva, que há quase nove meses recupera de uma rotura no ligamento cruzado do joelho direito.

Tal como Pedro Moreira havia anunciado aquando da entrega de cabazes a vários dos jovens da formação, o plantel dos lisboetas teve direito a três dias de folga, que permitiu aos elementos do grupo de trabalho e staff dos lisboetas passarem o Natal junto das respetivas famílias…ainda que nem todos: elementos de países mais longínquos, como o japonês Yuki Soma ou o arménio Artur Serobyan tiveram de permanecer em Portugal, evitando constrangimentos como um eventual atraso para o regresso ao trabalho por força das viagens.

De resto, do contingente de estrangeiros do Casa Pia, apenas um teve autorização para, efetivamente, rumar às suas origens: Gaizka Larrazabal é oriundo do País Basco, cuja proximidade relativamente ao nosso país lhe permitiu obter autorização para viajar. Recorde-se que o aeroporto que serve essa região autónoma localizada em solo espanhol se encontra a pouco mais de 800 km de Lisboa, o que permite cumprir o trajeto como uma viagem de automóvel ou um voo de muito curta duração.

Desconhece-se, a esta altura, se Larrazabal regressará de automóvel ou seguindo num voo a partir do aeroporto de Vitoria – Gasteiz, mas em função da curta distância que separa o País Basco de Pina Manique, o emblema casapiano conta ter o lateral/ala direito basco de regresso a tempo do primeiro treino e totalmente operacional para iniciar a preparação para o embate com o Sporting de Braga, agendado para o próximo sábado. Dada a influência que tem exercido na equipa, tudo indica que alinhará como titular.

Recorde-se que Gaizka Larrazabal conquistou o lugar como ala direito no sistema de 3x4x3 implementado por Filipe Martins até à sua saída do comando técnico do clube e não estranhou a transição com a entrada de Pedro Moreira para o cargo, mantendo a titularidade inclusivamente com a mudança tática registada no último encontro realizado, ante o Desportivo de Chaves (vitória por 3-1), na qual atuou como lateral direito numa linha defensiva de quatro elementos.

Esse encontro constituiu a 17.ª participação ao serviço dos gansos, distribuída por três diferentes competições, nas quais soma um golo - apontado ao Benfica - e uma assistência rubricada precisamente no último encontro disputado, no moralizador triunfo alcançado em Trás-os-Montes.