Árbitros da MLS ponderam avançar para greve

Árbitros da MLS ponderam avançar para greve

INTERNACIONAL05.01.202422:44

Organização de Árbitros Profissionais está a tentar negociar um contrato coletivo com melhores condições, mas até agora sem sucesso

Se não é insólito, está lá perto: a MLS, liga principal de futebol dos Estados Unidos da América, arrisca-se a começar a próxima temporada sem árbitros, que ameaçam entrar em greve.

As negociações relativamente a um novo acordo coletivo de trabalho entre a Organização de Árbitros Profissionais (PRO) e a Associação de Árbitros de Futebol Profissional (PSRA) falharam e, segundo fontes do The Athletic, caso não haja nenhum tipo de mudança nos próximos dias, uma paralisação do trabalho parece «iminente». Outra fonte do jornal britânico revelou que as negociações entre as duas entidades tem sido «um processo muito desanimador até agora».

Inter Miami frente ao New York City FC. Foto: IMAGO/Icon Sportswire

Se o impasse entre as duas organizações se mantiver, existe uma possibilidade séria de a MLS ter de encontrar outros profissionais para substituir os árbitros em greve no início da época e da pré-temporada. O atual acordo coletivo de trabalho entre o PSRA e o PRO, que está em vigor desde o início de 2019, expira a 15 de janeiro, sendo que a próxima temporada da liga americana começa dia 21 de fevereiro, com o Inter Miami, onde milita Lionel Messi, a receber os Real Salt Lake.