Abel Ferreira e o empate diante de António Oliveira: «Sentimento de derrota»
Abel Ferreira, treinador do Palmeiras (IMAGO / Fotoarena)

Abel Ferreira e o empate diante de António Oliveira: «Sentimento de derrota»

INTERNACIONAL19.02.202407:24

Corinthians chegou ao empate frente ao Palmeiras com golo aos 90+10’, numa altura em que jogava com menos dois jogadores e sem guarda-redes

Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, analisou o empate (2-2) frente ao Corinthians, de António Oliveira, a contar para o Campeonato Paulista. O timão chegou à igualdade com golo aos 90+10’, numa altura em que jogava com menos dois jogadores e sem guarda-redes.

«Sentimento de derrota. Concordo que as substituições poderiam ter sido diferentes, porque esperamos uma coisa e acontece outra. Houve um cruzamento atrasado. Já falei muitas vezes que o futebol é mágico, porque só acaba quando termina. Concordo que houve um jogo até aos 87 minutos. Produzimos muitos, tal como no último jogo. O futebol é assim. Acho que fizemos um jogo intenso, criámos muita oportunidade, sem deixar o adversário jogar», começou por apontar, em conferência de imprensa.

«Apesar da tristeza ou do empate, não me posso esquecer do grande jogo que fizemos. Poderia ter sido outro resultado e não foi. Temos de aceitar e continuar. É o resultado que toma conta dos jogadores e não o contrário. Nós temos que tomar conta das nossas tarefas», completou.