Fekir e o negócio falhado com o Liverpool: «Inventaram uma pseudolesão»

França 10-09-2019 16:40
Por Redação

A mudança de Nabil Fekir para o Bétis por €20 milhões foi um dos negócios mais surpreendentes deste mercado de transferências. Isto se se tiver em conta que há um ano atrás, o recém-coroado campeão do Mundo estava apontado ao Liverpool por…€60 milhõesNa altura, o Lyon divulgou um princípio de acordo com os reds, mas o negócio acabou por ser abortado devido a problemas encontrados num joelho do jogador. Algo que Fekir recusa completamente.

 

«Ouvi tantas mentiras sobre esse negócio, coisas que me magoaram. Mas a verdade é que nem eu sei o que aconteceu. Realizei um exame médico e depois decidiram que não me queriam contratar. Quiseram fazer-me acreditar que tive um problema no joelho, mas passei testes médicos em Clairefontaine [quartel-general da seleção francesa] que foram muito claros: não tinha nada. Inventaram uma pseudolesão muito grave que depois afastou outros pretendentes que tinha», desabafou ao L’Équipe.

 

Declarações que foram refutadas por Jean-Pierre Bernes, antigo agente do jogador.

 

«O Fekir não nos pode fazer passar por tolos. Toda a gente sabe o que aconteceu. O negócio não aconteceu por dois motivos. A lesão no joelho, que o Liverpool até estava disposto a arriscar, mas depois também a existência de um suposto representante que veio complicar o negócio», rematou.

 

Certo é que Fekir acabou por ficar mais uma temporada no Lyon, clube onde se formou, acabando por disputar 39 partidas onde apontou 12 golos. Esta época soma já dois tentos em três encontros oficiais pelo Bétis.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias