«Privilegio sempre mais fazer uma assistência do que um golo»

Benfica 13-08-2019 21:16
Por Redação

Na temporada passada, Pizzi foi figura chave no Benfica, quer pelos golos quer pelas assistências, e em entrevista à BTV destacou que prefere mesmo dar o golo a um colega que marcá-lo.

 

«Na minha carreira como futebolista, o mais importante é sempre ajudar a equipa e eu privilegio sempre mais fazer uma assistência do que um golo. Já faz parte do meu ADN, da minha forma de estar em campo. Como já disse, o golo é a imagem mais forte do futebol. Claro que todos os jogadores têm um prazer enorme em marcar e festejar golos, mas, para mim, fazer uma assistência acaba por ser um momento também muito importante», confessou.

 

Ao serviço do Benfica, e contando todas as competições, o internacional português soma 50 golos e 69 assistências em mais de 230 partidas.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias

Mundos

África

Brasil