«O comportamento do Marítimo na Luz é um pouco estranho»

FC Porto 04-12-2019 00:12
Por Redação

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, estranha o comportamento da equipa do Marítimo no Estádio da Luz, onde no passado sábado foi goleada pelo Benfica por 4-0.

«Todos nos lembramos do empenho do Marítimo frente ao FC Porto e é surpreendente que, quando confrontado com a suposta falta de intensidade da sua equipa frente ao Benfica, o treinador disse que, após a expulsão do Gabriel, o Vukovic e o Pelágio pediram para sair», começou por dizer Francisco J. Marques, que falava no Porto Canal, concluindo:

«Pelos vistos, quando defrontam o FC Porto, os jogadores jogam de faca nos dentes, como se costuma dizer, é canela até ao pescoço, com índices de agressividade levados ao máximo. Com o Benfica, mesmo em vantagem numérica, não conseguem igualar a intensidade do adversário e impor o seu jogo e acabam por pedir para sair porque estão muito cansados. Juntando isso ao que disse o presidente do Marítimo, que se conforma com os golos infantis sofridos pela equipa. Há um padrão comportamental nos jogos do Marítimo na Luz um pouco estranho. Em tempos, o Marítimo visitar a Luz era uma preocupação para o Benfica, como quando visita o Dragão ou Alvalade, mas há uns anos a esta parte é uma chuva de golos inexplicável. Só pode ser um fenómeno paranormal na Liga portuguesa.»

Ler Mais
Comentários (142)

Últimas Notícias