O insólito caso de Militão: custou um balúrdio e Zidane não o utiliza

Real Madrid 19-11-2019 17:08
Por Redação

Continua a causar alguma controvérsia a ausência de Éder Militão das habituais opções de Zidane para a equipa do Real Madrid, sendo que o central brasileiro, de 21 anos, é o defesa mais caro de sempre da história do clube: foi contratado ao FC Porto por 50 milhões de euros.

 

Segundo reportagem do El Confidencial, o facto de Militão não entrar no onze, nem no esquema de rotatividade de Zidane - soma apenas 90 minutos na Liga dos Campeões e  210 minutos repartidos por três jogos de Liga; não jogou um único minuto nos últimos cinco jogos de campeonato –, está apenas relacionado com a necessidade que Zidane tem de garantir estabilidade defensiva, sendo que Sergio Ramos e Raphael Varane permanecem intocáveis ao centro.

 

No clube continuam a ver Militão como um jogador de presente, mas sobretudo de futuro, tendo sido aconselhado a ter paciência. Porém, há, no Real Madrid, quem comece a ficar desconfortável com a situação, pois 50 milhões de euros é muito dinheiro para tão pouca utilização do jogador.

Ler Mais
Comentários (56)

Últimas Notícias