Nuno Manta abre porta à saída: «Vou falar com o presidente»

Marítimo 11-11-2019 07:56
Por Orlando Vieira

Nuno Manta abriu a porta da saída do comando técnico do Marítimo após o empate com o Portimonense, algo que deverá mesmo acontecer muito brevemente.

 

Já no decorrer do desafio com os algarvios, a contestação ao treinador foi bem audível no estádios dos verde rubros. Aliás, a insatisfação para com o ainda treinador da equipa insular começou muito antes do final da partida. A substituição de Maeda, aos 62 minutos, quando a equipa estava a perder - o atacante nipónico estava a ser um dos mais inconformados, mas Manta justificou a decisão por causa de queixas apresentadas pelo jogador -, desencadeou uma onda de protestos na bancada pouco vista nos tempos mais recentes nos Barreiros. Lenços brancos e muitos insultos, um cenário que o golo do empate apenas amenizou. Fechada a partida, a contestação voltou em força.

 

Perante esta onda de insatisfação dos adeptos. Nuno Manta foi questionado se tinha condições para continuar. Apesar de ter respondido afirmativamente, a verdade é que não colocou de lado a possibilidade de pôr um ponto final na ligação ao clube madeirense.

 

«Isso são questões internas para falar com a Administração. Vou falar com o presidente no local certo e no momento oportuno», afirmou.

 

Questionado ainda sobre a possibilidade de colocar o lugar à disposição, Nuno Manta voltou a referir que tudo vai depender da conversa a ter com o líder do clube, Carlos Pereira: «Como já disse, isso são questões que tenho de falar com a Administração, no caso concreto com o presidente em particular, para vermos qual a melhor solução para todos.

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias