Forte contestação a Lito Vidigal

Boavista 21-10-2019 10:02
Por Redação

Os adeptos do Boavista manifestaram forte desagrado pelo afastamento da Taça de Portugal frente ao Chaved.

 

Quando abandonava a bancada e se dirigia para os balneários, no final da partida, o presidente Vítor Murta foi convidado a prescindir dos serviços do técnico Lito Vidigal. Perante a insistência dos protestos, o dirigente máximo dos boavisteiros decidiu voltar atrás e foi até às grades da bancada onde estavam os adeptos do clube, trocando com eles impressões durante vários minutos. O capitão Idris e outros elementos do staff dos axadrezados também procuraram acalmar os ânimos, sendo que em menos de 15 minutos já todos tinham abandonado o local.


O treinador passou ao lado do tema. «É um sabor amargo pela derrota, mas a equipa trabalhou e teve entrega», defendeu o técnico, que foi uma vez mais expulso. «Só comentei que a bola não tinha saído. É mais do mesmo, quase um abuso de poder», desabafou.
 

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias

Mundos

África

Brasil