Petit arrasa Carlos Pereira: «Sujeitava-se a ser despedido por ele próprio»

Marítimo 16-09-2019 07:21
Por Redação

Em litígio com o Marítimo, o treinador Petit, 42 anos, arrasou o líder do emblema insular, Carlos Pereira, que o dispensou no final da última época (o técnico entende que tinha mais um ano de contrato).

 

«Queria meter-se nas minhas escolhas, processou vários jogadores, colocava-os na equipa B, eu chegava e não tinha dois ou três no treino... Se tu és contratado para treinador, és tu que decides. Se não, ia ele para o banco, mas sujeitava-se a ser despedido por ele próprio. Estas pessoas têm de ser desmascaradas», vincou, em entrevista à rádio Estádio.

 

A 2 de julho, já com Nuno Manta no cargo, Petit apresentou-se também. «Perguntei se era para me equipar ou não. Nunca o vi gaguejar tanto como nesse dia. Ele pensava que eu era um miudito, que não tinha coragem para me apresentar. Passa-se muita coisa no futebol e o treinador é o elo mais fraco. Estas pessoas andam no futebol há tantos anos e não evoluem. Isto é o quintal deles. Se se quer que o futebol português cresça, estas pessoas não podem andar no futebol», vincou.
 

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias