Águias assinalam «recorde histórico» na venda de lugares anuais

Benfica 16-07-2019 12:44
Por Redação

A cerca de um mês do início do Campeonato – receção ao Paços de Ferreira, dia 11 de agosto –, o Benfica vendeu já perto de 44.000 lugares de época no Estádio da Luz. Um «recorde histórico», realça o clube na publicação News Benfica.

 

Assim, perspetivam os encarnados que seja possível alcançar «o patamar reservado a apenas alguns dos melhores clubes europeus, em que existem listas de espera para a aquisição de lugares anuais, transformando-os numa raridade.»
 

Publicação na íntegra:
 

Mais uma prova inequívoca do entusiasmo e mobilização com que os Benfiquistas encaram a próxima época.

A venda de Red Pass, até às 10h00 desta manhã e a quase um mês do início do Campeonato, já atingiu números históricos. Foram vendidos 43 741 lugares de época, um recorde impressionante, tanto para a realidade portuguesa (só três estádios, em Portugal, teriam capacidade para tantos espectadores), como até mesmo para a benfiquista: verificou-se um incremento nas vendas de 6,4% face ao total da temporada passada e de 36,3% comparando com as vendas feitas há precisamente um ano (mantendo-se, aliás, a tendência de crescimento acelerado: por exemplo, na temporada 2013/14 foram vendidos 19 796 Red Pass e, em 2016/17, 32 017).

Há várias razões para este sucesso, além da hegemonia alcançada nos últimos anos, que passa pela qualidade do futebol apresentado na segunda metade da época passada e pela perspetiva de continuidade do ciclo ganhador em que o Benfica se encontra.

E que passa igualmente, pelos tradicionais benefícios para os detentores de Red Pass (conforto, garantia de lugar nos jogos em casa e prioridade na compra de bilhetes para as competições europeias, finais e deslocações no Campeonato Nacional), e também pelo próprio crescimento das vendas, o qual gera mais interessados. Esta evolução aponta para que o Benfica alcance o patamar reservado a apenas alguns dos melhores clubes europeus, em que existem listas de espera para a aquisição de lugares anuais, transformando-os numa raridade.

Por outro lado, as recentes possibilidades de partilha do cartão por meios digitais e da venda, no mercado secundário, do lugar, contribuem decisivamente para tornar mais atrativa a aquisição de Red Pass. É particularmente significativo que haja, até à data, 6 144 novos detentores do cartão. Acrescentando os lugares corporate (camarotes e executive seats), a taxa de ocupação do estádio situar-se-á acima dos 80% antes da colocação de bilhetes à venda para cada jogo.

Assim, amanhã, dia 17 de julho, será dada por terminada a fase de renovação e venda de Red Pass para que haja lugares disponíveis para venda em cada jogo. É essencial que os sócios (235 765 sócios ativos hoje de manhã) que, por qualquer razão, não queiram adquirir lugar anual, tenham a possibilidade de compra de bilhetes, os quais serão vendidos exclusivamente a associados do Clube. Só tem mais um dia, aproveite!

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (55)

Últimas Notícias