Idai: Sete portugueses repatriados hoje

Moçambique 24-03-2019 11:40
Por Lusa

Sete portugueses são hoje repatriados de Moçambique, num avião que foi fretado pelo Estado português e que chegou à cidade da Beira, no sábado, com carga e elementos da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

 

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, numa reunião hoje com a comunidade portuguesa da Beira, cidade do centro de Moçambique afetada pelo ciclone Idai no dia 14, disse que são cinco homens, uma mulher e um jovem de 15 anos que hoje regressam a Lisboa.

 

o governante disse que dos 93 portugueses que estavam por contactar na sequência do ciclone há ainda 12 por contactar. O secretário de Estado falou especificamente de um português de Buzi, das zonas mais afetadas, José Arsénio da Fonseca.

 

Caetano Pestana, da Atlantic Airways, disse à agência Lusa na Beira que o voo que transporta os sete portugueses parte às 13:00 (11:00 em Portugal) e que são pessoas que ou têm problemas de saúde ou perderam todos os bens durante o ciclone.

 

O ciclone e as cheias que se seguiram provocaram até agora 446 mortes. Em centos de acolhimento estão mais de 109.000 pessoas, segundo os últimos dados.

 

No encontro com a comunidade portuguesa, José Luís Carneiro, que parte hoje da Beira depois de quase uma semana na região, garantiu que o consulado está em condições de apoiar os portugueses, e na sequência de críticas que tinham sido feitas de falta de apoio disse que no dia do ciclone foi enviado um email a mais de 1.900 pessoas a alertar para a situação.

Ler Mais

Últimas Notícias