«Se Casillas não quisesse continuar teria de dar-lhe um óscar»

FC Porto 20-03-2019 11:33
Por Redação

Pinto da Costa nunca duvidou da resposta afirmativa de Iker Casillas ao convite para renovar contrato com o FC Porto. Diz o presidente dos azuis e brancos que o amor do espanhol pelo clube, que começou a ser construído em 2015, e também pela cidade, não deixava margem para grandes dúvidas.

 

«Se acreditava que ele podia ficar tanto tempo? Se não acreditasse naquilo que aconteceu, o Casillas não teria vindo. Só para marcar o ponto e partir não acrescentava nada, nem a nós nem a ele. Tive a convicção desde o primeiro dia em que nos encontrámos na cidade do Porto de que o que está a acontecer, iria acontecer», afiançou.

 

Chegou a equacionar uma resposta negativa?

 

«Achava difícil… Se o Iker Casillas não quisesse continuar aqui teria de dar-lhe, não um dragão de ouro mas um óscar de cinema por ser um grande ator. Casillas sempre demonstrou com grande sinceridade o amor por este clube e por esta cidade, no FC Porto nunca se moveu por interesse monetário. Não tinha a mínima dúvida de que a renovação iria ser fácil, como foi», salientou Pinto da Costa, para quem o espanhol «está na linha dos grandes guarda-redes que o FC Porto sempre teve e continuará a ter no futuro, como Diogo Costa.»

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias