Murro na mesa de Fernando Santos: «Deixem o Ronaldo em paz!»

Portugal 09.12.2022 11:26
Por Rogério Azevedo, enviado-especial ao Catar

A conferência de imprensa de antevisão ao jogo com Marrocos, dos quartos de final do Mundial do Catar, começou com o tema dominante dos últimos dias: Cristiano Ronaldo e a condição de suplente que o capitão teve no encontro com a Suíça.


Posteriormente à goleada (6-1) aos suíços surgiu a informação de que, alegadamente, Cristiano Ronaldo e Fernando Santos teriam tido uma conversa mais acesa e que o avançado teria mesmo ameaçado abandonar o Catar. Tudo negado pelo selecionador.


«A conversa com o Cristiano aconteceu, mal seria se não tivesse acontecido. Só dou a equipa hora e meia antes, quando chegamos ao estádio, é normal, sempre fiz assim em toda a carreira. Essa conversa tinha de acontecer, é mais do que normal, mas é verdade que não faço isso com todos. O capitão, alguém que é quem é, com a projeção que tem, por tudo o que deu ao futebol português… Tinha de ter essa conversa com ele», disse Fernando Santos, prosseguindo.


«A conversa aconteceu no dia do jogo, depois do almoço, no meu gabinete. Chamei-o para explicar as razões do porquê de não contar com ele para jogar de início, mas disse-lhe que ia ser importante para o jogo. Expliquei-lhe tudo com naturalidade. O Cristiano não ficou satisfeito, sempre jogou a titular. É normal, foi uma conversa tranquila, onde expusemos pontos de vista. Não aceitou (ser suplente) de forma simples, mas foi tudo tranquilo», realçou o selecionador, que elogiou a atitude de Ronaldo durante o jogo com a Suíça.


«Em momento algum me disse que queria sair da Seleção. Como dizia o João [Félix], não há exemplo melhor do que aquele que ele deu no jogo. Saiu para fazer aquecimento com os outros, saltou nos golos todos para festejar com os colegas e no fim foi ele que os chamou para agradecer ao público. Deixem o Ronaldo em paz, ele não merce isto por tudo aquilo que já fez pelo futebol português», concluiu.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal