O surpreendente número de mensagens de ódio a jogadores (apanhadas pela FIFA)

Mundial 2022 09.12.2022 17:49
Por Redação

Conforme anúncio da FIFA, esta sexta-feira, o serviço de supervisão criado para proteger os jogadores nas redes sociais detetou e ocultou mais de 100.000 mensagens de cariz insultuoso, discriminatório e ameaçador durante a fase de grupos do Mundial.


O serviço foi criado pela FIFA em parceria com o Sindicato Internacional de Futebolistas Profissionais (FIFPro) ocultou automática e instantaneamente mais de 100.000 comentários ofensivos e denunciado mais de 6.000 publicações às empresas gestoras das redes sociais.


Denominado SMPS, o serviço de supervisão de mensagens esteve ao dispor de todos os futebolistas de cada uma das 32 seleções, com o propósito de minimizar a visibilidade de termos que incitem ao ódio, para proteger atletas e adeptos.


Segundo a FIFA, «estes dados mostram que as ofensas e agressões online são um problema alarmante para os futebolistas e para toda a sociedade, com consequências nefastas para a saúde mental e bem-estar, que não podem ser descuradas.»


Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal