Torreense empata no Estoril e segue na corrida aos ‘quartos’ (veja o vídeo com o resumo)

Taça da Liga 06.12.2022 22:43
Por António Barroso

O Torreense, 17.º e penúltimo classificado da Liga 2, cimentou esta terça-feira a candidatura aos quartos de final da Taça da Liga, ao empatar 2-2 com o Estoril (Liga), em encontro da quarta e penúltima jornada do Grupo H da prova disputado no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.


A formação de Torres Vedras, orientada por Pedro Moreira, isolou-se no comando da classificação do agrupamento, com seis pontos e os seus quatro jogos do Grupo H concluídos.


O Académico de Viseu (Liga 2), que soma cinco pontos em três jogos, e que no dia 15 recebe o Tondela (Liga 2) na cidade beirã - quinta e última jornada da fase de grupos, 20 horas – pode ainda suplantar em pontos o Torreense, tal como o Tondela (Liga 2) – soma dois pontos em dois jogos, faltam-lhe outros dois –, enquanto o Estoril, com dois pontos em três jogos, viu esfumar-se as chances de vencer o agrupamento em definitivo, e de continuar na prova.


Um jogo num estádio quase praticamente deserto: ainda no Estádio Lusail, em Doha (Catar), com 83.720 espectadores – contraste absoluto com as bancadas despidas de público na Amoreira - o jogo dos oitavos de final entre Portugal e a Suíça, ia com 87 minutos decorridos e 5-1 para a Seleção, quando Hélder Malheiro deu o apito inicial.


Nem Rafael Leão fechara a goleada de Portugal (6-1) ante os helvéticos, à mesma hora, ainda que por alguns minutos, já o jogo da Taça da Liga decorria.


Os de Torres Vedras surpreenderam de entrada e chegaram a 0-2 aos 24: primeiro, aos 6’, jogada de Diego Raposo, João Oliveira a centrar rasteiro da direita e Picas a inaugurar o marcador. A vantagem (0-1) subiu aos 24’ (0-2) por João Oliveira, ante um Estoril a somar oitavo jogo seguido sem vencer.


Os ‘canarinhos’ esboçaram, então, uma reação, que teve efeitos práticos no 1-2: grande toque de calcanhar de Serginho para Delos centrar, da direita, e João Carvalho rematar, do lado oposto, rematar sem chances para Carlos Henriques (34’).


Na segunda parte, o Torreense baixou blocos e geriu, a espreitar o contra-ataque. Picas desperdiçou duas boas ocasiões de bisar (64’ e 66’) e sentenciar em definitivo o duelo, e o infortúnio estorilista teve continuidade com as lesões de Delos (56’) e, depois, de Tiago Araújo (69’).


Nélson Veríssimo teve de ‘queimar’ duas substituições e tudo indica que terá perdido duas unidades, pelo menos para o futuro imediato. Uma contrariedade nunca vem só. Valeu que, aos 86’, após boa jogada de Serginho, Gustavo Marques não se entendeu com o guardião Carlos Henriques, ficando a bola a pingar sobre a linha, e Erison Danilo empurrou para o 2-2 final, insuficiente para os ‘canarinhos’ sonharem ir mais longe na Taça da Liga de 2022/23.

Veja o vídeo com o resumo:

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal