Brasil atropela Coreia do Sul e marca encontro com a Croácia (veja os golos)

Mundial 2022 05.12.2022 21:02
Por Pedro Soares

O Brasil marcou encontro nos quartos de final do Campeonato do Mundo com a Croácia, na próxima sexta-feira, depois de ter esmagado a Coreia do Sul de Paulo Bento com um 4-0 no final dos primeiros 45’, resultado que após o intervalo, e até final dos 90, foi transformado num 4-1, com o golo de honra da Coreia a surgir ao minuto 76’ e a recompensar a atitude da equipa, que nunca baixou os braços apesar de ter sido alvo de atropelamento e fuga na primeira parte.


Com Neymar de regresso ao onze, a canarinha não deu quaisquer hipóteses aos sul-coreanos, que, apesar de moralizados pela vitória sobre Portugal, não resistiram à frente de ataque do escrete e com menos de 15 minutos de jogo sofreram dois golos que logo tolheram as hipóteses de causar nova surpresa no Catar. Vinícius Júnior inaugurou o marcador logo aos 7’, após jogada de Raphinha pela direita, e três minutos depois Richarlison foi derrubado na área por Woo-Young, oferecendo a Neymar a possibilidade de converter o castigo máximo, que o astro cobrou de forma exímia.


A Coreia do Sul reagiu à desvantagem e aos 17’ teve nos pés de Hwang um remate que levou fogo à baliza de Alisson, que desviou por cima da barra, negando o 2-1. Mas dez minutos depois sofreu mesmo o terceiro, assinado por Richarlison, servido numa tabela por Thiago Silva, que o deixou isolado na cara do guarda-redes sul-coreano.


O Brasil não abrandou, continuou a carregar e a aproveitar os espaços concedidos nas costas dos laterais da Coreia do Sul para aumentar o score, e fez o quarto golo ainda antes do intervalo, à passagem dos 36’, num ataque rápido iniciado por Richarlison que passou por Neymar e Vinícius, com este a cruzar para a entrada de Lucas Paquetá na área, com tempo e espaço para rematar à vontade.


Se dúvidas havia, o 4-0 acabou com elas antes do apito para o descanso e a Coreia do Sul ainda tinha razões para agradecer ao seu guarda-redes por não ter ido para o intervalo com um resultado ainda mais desnivelado.


A segunda parte arrancou com remate perigoso de Son para defesa de Alisson, sinal de que a Coreia do Sul não se iria render, mas o Brasil tinha o jogo controlado e fez a gestão que quis no segundo tempo, permitindo algumas veleidades ao ataque sul-coreano que fizeram Alisson brilhar, com exceção do grande remate de Seung-Ho ao minuto 76, do meio da rua, para o golo de honra da Coreia do Sul, merecido, diga-se.


Com os quatro golos marcados, o Brasil tornou-se na seleção com mais golos em Campeonatos do Mundo, 236, ultrapassando os 232 da Alemanha.


Veja os golos:






Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal