«Guardiola já devia ter sido despedido sete ou oito vezes»

Manchester City 03.12.2022 17:14
Por Nuno Pedro Fernandes

Em entrevista ao diário desportivo espanhol AS, Mauricio Pochettino, treinador argentino que deixou o Paris Saint-Germain no final da última temporada, declarou que, se Pep Guardiola estivesse ao leme dos rouge et bleu, teria sido alvo da mesma impaciência por parte dos proprietários, a Qatar Sports Investment, empresa de fundos de investimento que pertence ao emir do Catar, Tamim Al Thani e cujo rosto mais conhecido é o do presidente-executivo Nasser Al-Khelaifi.


«Se eu saí do PSG por não ganhar a Liga dos Campeões, Guardiola já deveria ter sido despedido sete ou oito vezes. São realidades diferentes», afirmou Mauricio Pochettino, recordando que o treinador catalão, no Manchester City desde 2017/2018 (antes, de 2013 a 2016, passou pelo Bayern Munique), tendo renovado recentemente até 2025 com os citizens, não vence a Champions há 11 anos, ou seja, desde 2010/2011, então ao serviço do Barcelona.


Quanto a Mauricio Pochettino, que na época passada conduziu o Paris Saint-Germain ao 10.º título francês, igualando o recordista Saint-Étienne, e foi eliminado nos oitavos de final da Champions League, pelo Real Madrid, e na mesma fase, mas na Taça de França, pelo Nice, continua livre no mercado.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal