«Jogar contra dez é ilusório»

Casa Pia 03.12.2022 20:08
Por Nuno Pedro Fernandes

Filipe Martins, treinador do Casa Pia, mostrou-se insatisfeito com a derrota e com alguns erros cometidos pela sua equipa que acabou derrotada pelo SC Braga (0-1), em casa, e eliminada da Taça da Liga.


«Não entrámos mal no jogo. Entrámos de forma equilibrada, a criar situações junto da baliza do SC Braga, mas a partir do momento em que começámos a estender as nossas linhas e a pressionar de uma forma que não estava prevista, começámos a criar espaços para que o SC Braga explorasse. Fomos nós que criámos esses espaços para o adversário. Depois, com a qualidade que os jogadores do SC Braga têm, ao virar-se para a nossa defesa, começámos a ter dificuldades e a não controlar tão bem o jogo», resumiu Filipe Martins.


Segundo o técnico do Casa Pia, houve demérito da sua equipa na forma como sofre o golo solitário da partida: «Não fomos agressivos a fechar a partir do momento em que o SC Braga recebia a bola, tivemos também muitos passes falhados, dando possibilidades ao SC Braga para iniciar construção e é numa dessas situações que aparece o golo.»


Quanto ao facto de ter ficado em superioridade numérica após a expulsão de Simon Banza, Filipe Martins relativizou a questão: «Jogar contra dez é ilusório. A única facilidade que temos é a que se viu, passar com maior facilidade da primeira zona de construção para a segunda. A partir da segunda fase, não temos vantagem nenhuma porque vamos enfrentar a mesma oposição. Temos mais facilidade em entrar no meio-campo ofensivo, mas, depois, vamos encontrar linhas mais compactas. Tentámos por fora, por dentro, e com as opções que tínhamos no banco, tentámos que a equipa fosse mais agressiva e podíamos ter feito o golo do empate. Não o fizemos, há que dar mérito ao SC Braga pela forma como soube defender-se perante a inferioridade numérica.»


Em conclusão, o treinador dos 'gansos' rematou: «Quanto aos meus jogadores, gostei da segunda parte e do início da primeira. A partir dos 20' da primeira parte até ao intervalo, não posso dizer que gostei, porque podíamos ter feito melhor.»


Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal