Fúria de Bruno Fernandes no balneário ouvida pelo staff do City

Manchester United 04.10.2022 11:04
Por Redação

Domingo, estádio Etihad, intervalo do Manchester City-Manchester United, 4-0 no marcador. Imagina-se como estaria o balneário dos reds perante tais números. O jornal The Sun conta que a indignação tomou conta de Lisandro Martinez e de Bruno Fernandes, nessa tarde capitão na ausência de Maguire, e que os gritos se ouviram até fora do balneário, entre o staff do City. A mesma fonte conta que o treinador Erik Ten Hag ouviu em silêncio, mas concordou com os dois jogadores, que questionaram os colegas sobre os seus níveis de empenho, apesar de terem vencido os quatro jogos anteriores. O City estava a ser forte de mais.


A conversa dura parecia ter funcionado quando Antony reduziu 10 minutos depois de recomeçar a segunda parte, mas o City estava intratável e Haaland e Foden aumentaram para 6-1. Martial acabou por marcar dois no final e fixar o 3-6.

O regresso ao balneário no final foi mais silencioso, continua o The Sun, mas as declarações de Bruno Fernandes no final espelham o que terá dito aos companheiros no balneário.


«A nossa atitude e vontade não foi a melhor desde o início, foi isso que nos fez sofrer golos tão cedo. Acho que a segunda parte foi melhor, conseguimos ter mais controlo. Como já estávamos a perder, tivemos de correr riscos, e quando arriscámos marcámos logo de seguida. Enfim, agora temos de nos focar no próximo jogo, e não podemos ir abaixo. Temos de usar estes momentos para aprender e melhorar», explicou o português em declarações à televisão do clube, a MUTV, no domingo.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal