Galês Day e tailandês Saengkham nas ‘meias’ do Open Britânico

Snooker 30.09.2022 22:42
Por António Barroso

O galês Ryan Day, de 42 anos, 25.º do ranking mundial, e o tailandês Noppon Saengkham, de 30 anos, 35.º da hierarquia, completam o quarteto de semifinalistas do British Open, prova da época 2022/23 da World Snooker a decorrer até domingo, 2 de outubro, em Milton Keynes (Inglaterra), após terem vencerem na noite desta sexta-feira os dois derradeiros jogos dos quartos de final do torneio.


Antes, durante a tarde, já o norte-irlandês Mark Allen, de 36 anos, 14.º do ranking, vencera o inglês Mark Selby por 5-3, enquanto o inglês Robbie Williams, de 35 anos, 61.º da hierarquia mundial, ultrapassara o chinês Lyu Haotian, ao vencer 5-1.


Ryan Day, profissional experiente e durante muitos anos – até 2017 - afamado como ‘o melhor jogador do circuito a nunca ter ganho um torneio de ranking’, derrotou na ‘negra’ (5-4), e com uma entrada centenária (124 pontos) no parcial decisivo do duelo dos quartos de final, o chinês Yuan Sijun, de 33 anos, 66.º da tabela mundial. Está a duas vitórias de averbar um quarto título de ranking na sua carreira.


Robbie Williams, único inglês sobrevivente em prova, defrontará precisamente Ryan Day sábado, na segunda das ‘meias’, a partir das 19 horas: se Williams atinge pela quarta vez umas meias-finais de um torneio de ranking, o seu opositor galês já ganhou três provas, o Riga Masters 2017, o Gibraltar Open 2018 e o ‘Shoot Out’ 2021. Em dois duelos entre ambos até à data, duas vitórias para Ryan Day…


No outro duelo da sessão noturna desta sexta-feira na Marshall Arena e dos quartos de final, o tailandês Noppon Saengkham – que ao chegar pela terceira vez numa prova de ranking às meias-finais (após o Open de Gales e o World Open, ambos em 2018), iguala o seu melhor registo de sempre no circuito – bateu o galês Jamie Jones, de 34 anos, 27.º da hierarquia mundial, por 5-3.


Às 13 horas de sábado, tacada de saída nas meias-finais com o norte-irlandês Mark ‘The Pistol’ Allen – em busca do seu sétimo título em provas de ranking (soma seis) a medir forças com Noppon Saengkham, no primeiro dos dois duelos do dia 1 de outubro na Marshal Arena. Em três jogos entre ambos até à data, duas vitórias de Allen e uma de Saengkham.


O British Open, prova da época 2022/23 da World Snooker pontuável para o ranking, iniciou-se na segunda-feira, dia 26 do corrente mês, e irá terminar domingo, dia 2 de outubro, na Marshall Arena, em Milton Keynes (Inglaterra).


A prova distribui £487 mil (€551.529) em prémios, das quais £100 mil (€113.250) ao campeão: o galês Mark Williams, vencedor da anterior edição do torneio, transmitido para Portugal (EuroSport).


O finalista vencido vai arrecadar £45 mil (€50.963) e cada um dos quatro semifinalistas, por terem chegado a esta fase, tem já garantidas como mínimo 20 mil libras (€22.650) de ‘prize money’ na prova.


As meias-finais do British Open são jogadas sábado, 1 de outubro, à melhor de 11 parciais: vencem e avançam para a final os primeiros a ganhar seis ‘frames’ (de 6-0 a possíveis 6-5).


Quartos de final, esta 6.ª feira (apurados a negro):

Mark Selby-Mark Allen, 3-5

Robbie Williams-Lyu Haotian, 5-1

Noppon Saengkham-Jamie Jones, 5-3

Ryan Day-Yuan Sijun, 5-4


Meias-finais, sábado (hora local e de Portugal continental):

Mark Allen-Noppon Saengkham (13 horas)

Robbie Williams-Ryan Day (19 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias