Guerreiros são a quarta força

SC Braga 25.09.2022 10:52
Por Pedro Barros

O SC Braga emerge como a 4.ª força do futebol português da atualidade, num impulso vigoroso sustentado sob a presidência de António Salvador, que tomou posse pela primeira vez como líder dos arsenalistas a 24 de fevereiro de 2003.


São quase duas décadas a percorrer uma reforçada linha de ambição e de êxitos que levou o SC Braga a ultrapassar outros dois históricos do, casos de Vitória de Guimarães e Boavista - levantou o troféu do título nacional em 2000/2001 -, equipas das que atualmente competem na Liga, além dos grandes, com mais participações e jogos na prova.


Neste período, os guerreiros juntaram mais troféus ao palmarés, compondo o seu museu com outras duas Taças de Portugal - tinham uma conquistada em 1965/1966 -, duas Taças da Liga e uma Taça Intertoto, além de apresentarem um majestoso e invejável centro de treinos e de ostentarem um quadro de transferências só comparável aos maiores de Portugal, com quatro das cinco maiores vendas entre clubes nacionais.


Mas é no relvado que o emblema de Braga igualmente se tem distinguindo, perturbando o cenário de domínio dos três emblemas nacionais mais representativos. Desde 2003, os guerreiros ganharam mais vezes a Benfica, FC Porto e Sporting do que Vitória de Guimarães e Boavista… juntos.


Leia mais na edição impressa ou subscreva a edição digital de A BOLA

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias