Antigo árbitro explica a famosa reviravolta do Barcelona: «O auxiliar entrou em pânico»

Liga dos Campeões 25.09.2022 17:58
Por Redação

A edição de 2016/17 da Liga dos Campeões fica marcado por um momento histórico nos oitavos de final da prova. Depois de ganhar 4-0 em Paris, o PSG caiu de forma retumbante (1-6) na Catalunha e acabou eliminado pelo Barcelona.


O árbitro Denis Aytekin acabou por ser alvo de algumas críticas por parte de Unai Emery. Inconformado, o treinador do PSG procurou mesmo explicações junto de um outro árbitro francês, Tony Chapron, que revelou ao Le Parisien que se viu obrigado a mentir ao técnico espanhol.


«Para a UEFA este era um jogo simples, sobretudo depois do encontro da primeira volta, mas na primeira decisão que tem de tomar o auxiliar entrou em pânico. Era o que tinha menos experiência e acabou por deixar o Aytekin refém. Mas naquela altura menti ao Emey, porque nós os árbitros temos de nos apoiar uns aos outros», justificou Tony Chapron, entretanto retirado dos relvados.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias