Seabra Franco: «Equipa merece todo o apoio!»

Casa Pia 18.08.2022 23:26
Por António Barroso

O presidente do Casa Pia Atlético Clube, Vítor Seabra Franco, quer ver os adeptos dos gansos a apoiar a equipa na próxima jornada da Liga, no Estádio Nacional, domingo, diante do Boavista (15.30 horas) e lança um repto no sentido de união para um campeonato longo e em que a manutenção é a meta do emblema de Pina Manique.


«É um jogo e passo importante na caminhada do Casa Pia pela meta da manutenção. É esse o objetivo do Casa Pia, uma instituição histórica e com História no desporto português, ante um rival valoroso. Agora ainda bem mais perto do que Leiria, será bom poder contar de novo com o apoio dos adeptos. A equipa merece ser apoiada», disse a A BOLA o presidente do Casa Pia.


Vítor Seabra Franco está ciente de que, com a contingência da casa emprestada face às obras necessárias em Pina Manique, e à exceção das receções ao Sporting e FC Porto, será difícil ter as bancadas bem compostas de público num recinto de lotação tão ampla como o Estádio Nacional, mas reforça a esperança num primeiro triunfo no escalão maior em 83 anos, desiderato que foge ao Casa Pia desde o 2-1 ao Barreirense a 26 de março de 1939, então graças a um ‘bis’ de Ramos Dias (18´e 53’).


Com quase todo o efetivo disponível e opção para o jogo – a exceção que confirma a regra é o avançado haitiano Carnejy Antoine, a recuperar de lesão – o Casa Pia colocou à venda esta quinta-feira, online e em Pina Manique, os bilhetes para receção dos comandados de Filipe Martins ao Boavista, domingo, no Estádio Nacional (15.30 horas), para a 3.ª jornada da Liga, na qual tentam a primeira vitória.


O plantel cumpriu na manhã deste dia, no recinto dos gansos, mais uma sessão de preparação para o segundo jogo na condição de visitado nesta Liga, após a receção ao Benfica, em Leiria.


Um jogo ante um adversário com tradição e campeão nacional em 2000/01, no nobre palco habitual da final da Taça de Portugal, o Jamor, razão pela qual o presidente do clube, Vítor Seabra Franco, reforçou, como deu nota a A BOLA - rompendo o silêncio a que se tinha votado -, em nome da determinação no apoio aos gansos e num repto aos adeptos para não faltarem no apoio à equipa, que até agora somou um ponto em duas jornadas, fruto do empate com o Santa Clara (0-0), na ronda inaugural, nos Açores.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias