Gil Vicente parte com ambição de feito inédito

Gil Vicente 17.08.2022 11:33
Por Pedro Cadima

Na partida para os Países Baixos, onde o Gil Vicente defronta o AZ Alkmaar, clube com créditos firmados nas provas europeias e, inclusive, uma bem presente meia-final da Taça UEFA com o Sporting, Tiago Lenho, diretor-desportivo dos gilistas, relatou a ambição dos galos fazerem história neste play-off da Liga Conferência diante de um rival que despachou com goleadas os bósnios do Tuzla e os escoceses do Dundee United.


«É uma equipa de qualidade, extremamente competitiva, com um andamento forte, quer a nível interno, quer a nível europeu. Não será um jogo fácil, mas esperamos conseguir trazer um resultado positivo que nos permita discutir a passagem na 2ª mão em casa, perante os nossos adeptos», realçou o responsável pela planificação do futebol profissional dos galos, acreditando numa boa resposta, apesar da derrota recente em Arouca.


«Não houve muito tempo entre o último jogo do campeonato e o dia de hoje. Serviu para recuperar. E nesta fase tem servido apenas para recuperar. Não tem havido espaço para trabalhar como a equipa técnica pretendia. Mas estão motivados, até pelo que a competição diz para nós e para eles. É um desafio novo e estão motivados para trazer um resultado positivo», juntou Tiago Lenho, pondo foco em alguns extras motivacionais e afastando da discussão qualquer pressão.


«O AZ Alkmaar tem uma responsabilidade diferente da nossa, até pela história e pelas suas intenções na prova. Vamos tentar ser a primeira equipa portuguesa na fase de grupos. Sendo um adversário do país que é, também nos interessa retirá-los das competições europeias para que a nossa liga e os nossos clubes possam ultrapassar os Países Baixos no ranking. Estamos numa luta e interessa a toda a gente que o Gil Vicente possa passar. Vamos tentar deixar as pessoas orgulhosas da nossa prestação», frisou Tiago Lenho, validando como positiva a entrada do espanhol Marín para o plantel. O lateral espanhol já embarcou nesta viagem para Amesterdão.


«O Adrián Marín vem acrescentar valor à equipa. É reconhecido o valor pela época que fez no Famalicão. Chega com ambição de nos ajudar e é assim que olhamos para ele. Relativamente ao mercado, fecha a 1 de setembro, podem acontecer entradas, saídas. Estamos focados no dia a dia e preparados para, caso haja saídas, colmatar», rematou, isto numa altura em que ainda é discutida uma possível venda do avançado Fran Navarro.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias