Stoitchkov sente remorsos por não ter ajudado Maradona

Argentina 16.08.2022 21:11
Por Redação

Em declarações à cadeia televisiva norte-americana ESPN, esta terça-feira, o antigo craque de Barcelona e seleção búlgara Hristo Stoitchkov revelou sentir-se culpado por não ter ajudado Diego Armando Maradona a deixar o estilo de vida que levava.


«Às vezes sinto-me culpado pelos vícios dele, por não tê-lo separado dos abutres que o rondavam. Tínhamos uma forte amizade. Às vezes, sentava-me em casa e pensava se não podia fazer alguma coisa e sinto-me um pouco culpado. Tive a oportunidade de fazer alguma coisa e fiquei com raiva de ver o Diego cercado por indivíduos de fato e gravata que pouco se importavam com o seu bem-estar», declarou.


«Tinha todos os números de telefone, sejam dele ou de quem estava com ele. Falámos várias vezes, mas a última foi em fevereiro de 2016. Ele ligou-me nos meus anos e, desde então, quando ligava, ou estava a dormir, a descansar ou a fazer uma caminhada. Vi-o a sofrer tantas vezes. Só espero que possa descansar em paz agora», concluiu o búlgaro.

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias