«Vai ser um jogo muito difícil para nós»

Santa Clara 12.08.2022 17:20
Por Acácio Mateus

O Santa Clara procura no Bessa a primeira vitória no campeonato depois de um empate na ronda inaugural, frente ao Casa Pia. Os encarnados de Ponta Delgada vão tentar um triunfo onde nunca venceram para a Liga e Mário Silva acredita que a equipa insular vai estar «mais capaz» em comparação com o que se viu frente aos gansos.


«Acredito que possamos estar mais capazes do que tivemos no jogo anterior. É esse o nosso objetivo. Sabendo que o Boavista a jogar em sua casa – e eu conheço bem o Boavista – torna a tarefa difícil para qualquer adversário», apontou.


Mário Silva não espera um jogo fácil no Bessa e o facto da equipa açoriana ainda estar em construção não ajuda. «Vai ser um jogo difícil contra uma equipa que está confiante face à última vitória que conquistou fora de portas num jogo de grau de dificuldade elevado. Acredito que vai ser um jogo muito competitivo e muito difícil para nós», disse, acrescentando que o objetivo do Santa Clara passa por «apresentar uma equipa competitiva quando muitos jogadores estão no período de adaptação.»


Com um plantel extenso e com mais reforços na porta de entrada, o treinador justificou a opção: «Fala-se na hipotética vinda de um e de outro e de outro, mas a minha preocupação é única e exclusivamente com quem cá está»,mas reconheceu a necessidade de ter um «plantel mais extenso do que o normal porque não temos nem equipa B nem equipa sub-23 e a época é longa.»


Mário Silva voltou a manifestar o desejo do mercado de transferências fechar mais cedo de modo que as equipas possam iniciar a competição sabendo com o que contam. «O ideal era que o mercado fechasse mais cedo porque entrar no campeonato com o mercado aberto é sempre complicado. Não só para entradas como para saídas. Não é só no Santa Clara, é em todos os clubes», defendeu.



Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias