Pichardo reconhece: «Era difícil andar na rua, havia muitas polémicas»

Atletismo 03.08.2022 21:22
Por Redação

Pedro Pablo Pichardo foi esta quarta-feira homenageado pela Câmara Municipal de Setúbal pela conquista do título mundial do triplo salto. Nascido em Cuba, o atleta do Benfica reconheceu que os primeiros tempos em Portugal não foram fáceis.

«Há dois ou três anos as coisas mudaram muito. Não podemos esquecer e negar as situações que aconteceram quando cheguei ao País. Antes era mais difícil quando andava na rua, havia muitas polémicas. As pessoas agora já falam melhor comigo. Já consigo falar português e percebo melhor também. Tudo tem mudado, agora, mesmo quando vou ao ‘shopping’ ou ao supermercado com a minha família, ou ando pela rua, tem sido muito bom», lembrou Pichardo, que se naturalizou português em 2017.

Menos de um ano depois de ter descerrado uma placa alusiva ao título de campeão olímpico conquistado em Tóquio, Pedro Pablo Pichardo não escondeu a sua satisfação por estar a ser novamente homenageado pelo município setubalense.

«É uma sensação muito boa. A única maneira que tenho de agradecer é continuar a ter bons resultados. Desde que cheguei a Setúbal sempre fui bem acolhido. Estou muito grato e feliz pela placa. Foi uma homenagem muito bonita e que me deixa muito feliz», disse.

Já este mês, Pichardo terá pela frente os Campeonatos da Europa, em Munique. Mas além de pensar sempre em vencer, o atleta do Benfica assume até que tem por objetivo chegar ao recorde do mundo, fixado nesta altura em 18,29 metros.

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias