«Com a cabeça limpa, as coisas acontecem naturalmente»

Atlético Madrid 31.07.2022 20:38
Por Redação

A última aparição de João Félix alimenta o sonho dos adeptos do Atlético de Madrid. O internacional português entrou perto da hora de jogo no particular com o Manchester United, disputado em Oslo (Noruega), ainda a tempo de ser decisivo: foi dele o único golo da tarde, aos 86 minutos.


Afastado dos relvados desde abril, o avançado dos colchoneros não escondeu o entusiasmo pelo seu regresso à competição. «Não jogava há muito tempo e estou feliz por estar de volta. Agora, é preparar-me da melhor forma possível para ajudar a equipa», afirmou, na zona mista no Estádio Ullevaal.


A iniciar a quarta época ao serviço da formação espanhola, a afición tem grandes expectativas sobre a campanha do avançado de 22 anos. «Vamos ver. Nos outros anos tentei sempre dar o meu melhor. Se este vai ser ou não vai ser o meu ano, não sei. Depende, ninguém adivinha o futuro. O que posso garantir é que estou a dar o máximo para estar no melhor nível possível quando for chamado», adiantou.


Chegado ao Wanda Metropolitano com o peso de ter sido a contratação mais cara de sempre do clube, Félix prefere ignorar a questão e falar do seu crescimento. «Cheguei jovem, ainda sou jovem, mas já cresci muito e tenho a certeza de que crescerei ainda mais. Estou bem, contente. Tenho a cabeça calma e limpa e, quando é assim, as coisas acontecem naturalmente. E espero que sejam coisas boas», apontou.


A concorrência interna, num ataque onde também habitam nomes como Morata e Griezmann, mereceu igualmente o comentário do craque português. «A competição é boa porque nos obriga a trabalhar melhor. Obriga-nos a fazer o melhor que podemos, o que é positivo para todos. Claro que alguns vão jogar mais do que outros, mas é assim. Se me sinto bem a jogar com Griezmann? Muito bem. Com Griezmann, com Álvaro (Morata), com Cunha, com Ángel (Correa). Todos nos damos bem e em campo a equipa está fenomenal», sublinhou.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias