«Às vezes é melhor pagar a um jogador para sair do que mantê-lo»

Arsenal 25.07.2022 15:22
Por Redação

Edu Gaspar, diretor técnico do Arsenal, admitiu ao The Sun que o clube inglês teve de pagar a alguns jogadores para deixarem o Emirates Stadium.


«Precisávamos de limpar o plantel e, se tivéssemos de pagar para alguns jogadores saírem, consideraria isso um investimento. É melhor do que tê-los a tapar outro jogador. Não é um problema se um jogador tem um alto salário e joga. É sim quando não é opção. Sei que é estranho ir até a Direção e dizer-lhes isso, mas às vezes é melhor pagar a um jogador para sair do que mantê-lo. Eu percebo que dói e algumas pessoas dizem que é caro, mas tens de acabar com esses problemas», referiu.


O dirigente dos gunners abordou as saídas de grandes estrelas, como Mesut Ozil e Aubamayeng: «Quando um jogador tem 26 anos ou mais, tem um enorme salário e não joga, está a matar o clube. No passado, 80% do plantel tinham essas características [alto salário e pouco tempo de jogo] e não havia possibilidade de alguém os comprar. Não têm grande valor de mercado e estão confortáveis com um contrato longo, a viver em Londres.»


Para além de Ozil e Aubameyeng, também Mustafi, Kolasinac e Sokratis fizeram parte da 'limpeza' levada a cabo pelo Arsenal.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias