Xhaka quebra o silêncio sobre relação com adeptos

Arsenal 21.07.2022 18:25
Por Redação

Em entrevista à ESPN, Granit Xhaka quebrou o silêncio e falou sobre a sua relação com os adeptos do Arsenal, com grande destaque para um episódio que remonta a 2019.


Na altura, o internacional suíço foi assobiado pelos adeptos, que eram contra o facto de o médio ser capitão, no momento em que foi substituído, num encontro frente ao Crystal Palace. O médio não reagiu bem e provocou a massa adepta, aplaudindo os assobios e tirando a camisola à saída do relvado. Xhaka seguiu para o balneário sem passar pelo banco de suplentes.


Três anos depois, a relação entre o jogador e os adeptos melhorou, admitiu o médio. «Toda a gente sabe desse período que passei com os adeptos. Um grande mal entendido, na minha opinião, tanto da minha parte como da deles. Jogo futebol porque tenho uma enorme paixão. Estou no Arsenal há mais de seis anos. Adoro o clube, adoro as pessoas», começou por dizer, antes de falar de Arteta, treinador dos ingleses: «Sem ele [Arteta] já não estaria no clube. Ajudou-me quando estava em baixo. Ajudou-me com pequenas coisas, passo a passo e também foi fundamental na minha relação com os adeptos.»


Com contrato com o Arsenal até 2024, Granit Xhaka mostrou-se feliz no Emirates Stadium: «Estou muito feliz aqui. A minha família também. Tenho mais dois anos de contrato, é verdade. Faço 30 anos em setembro, mas não acredito na idade no futebol. Podes ter 18, podes ter 90… Se tens qualidade, podes jogar. A idade para mim é só um número.»

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias