Assim foi a cerimónia do sorteio em direto

Liga 05.07.2022 20:50
Por Redação

O sorteio do calendário da época 2022/23 da Liga e da Liga 2, bem como da Taça da Liga, realizou-se ao final da tarde desta terça-feira, numa cerimónia da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, realizada no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.


Recorde aqui os momentos principais e as impressões dos protagonistas de um dia com muitos prémios atribuídos relativamente à temporada transata:
 

20.45 horas - O diretor-geral do Benfica para o futebol, Lourenço Pereira Coelho, deixou, à despedida da cerimónia do sorteio do calendário da época 2022/23 e da entrega dos prémios individuais relativos à temporada 2021/22, realizada ao final da tarde desta terça-feira no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, o aviso de que os encarnados vão estar «muito atentos a nível externo» e que «infelizmente, e como alguém muito bem disse, a competência não chega» no futebol português. «O nosso foco, do Benfica, é em conseguir o apuramento para a fase de grupos da Champions, é o objetivo que temos em mente, agora, é o de dia 18 deste mês. Quanto ao sorteio do calendário, temos de jogar com todos, é-me completamente indiferente. Temos um plantel com sentido de compromisso, muita paixão, critério, e trabalhamos com rigor e em prol da competência. Não prometemos títulos, prometemos trabalho. Mas infelizmente, e como alguém com responsabilidades no futebol português e nesta cerimónia bem disse, às vezes, infelizmente não é só a competência que conta. Por isso vamos estar atentos ao que se passar externamente! Porque como se viu no domingo, às 17 horas [n.d.r. - alusão a 24 mil adeptos a verem o treino aberto, na Luz, no dia 3], temos uma força muito grande por trás», disse Lourenço Pereira Coelho, que não ficou satisfeito com o Prémio 'Fair-Play' aos encarnados e engrossou o tom do discurso, sinal da determinação redobrada das águias em 2022/23. «Queremos muito mais do que o Prémio Fair-Play! E se não nos respeitarem, seguramente não seremos candidatos ao Prémio Fair-Play na próxima época», concluiu Lourenço Pereira Coelho, à saída da cerimónia ocorrida no Porto.


20.30 horas - Nélson Lenho, responsável do Boavista, otimista à saída da cerimónia da Liga. «Petit identifica-se com o Boavista e só fazia sentido ele continuar no clube. Vamos manter uma boa base da época transata. O campeonato é muito competitivo. A nossa ideia é um campeonato tranquilo e lutar sempre pelos três pontos e tentarmos sempre ser melhores do que o adversário», afirmou, enquanto Petit também não se furtou a um comentário ao sorteio do calendário. «Todos os jogos são difícil. Os primeiros jogos são quase todos fora e só um em casa, mas queremos começar bem, de acordo com a nossa qualidade e é exigência do Boavista, e tentar melhorar a classificação da última época. Os adeptos são exigentes e querem sempre um pouco mais. O objetivo é batermo-nos cara a cara com todos os rivais. Temos alguns jogadores referenciados, adeptos fantásticos e vamos dar tudo para tentar chegar aos lugares mais acima. Quero que os adeptos estejam orgulhosos da equipa quando acabar o campeonato! É mais confortável começar uma época desde o início, sim, mas já me aconteceu. Podíamos ter terminado em sétimo lugar, em dois jogos não conseguimos. Vamos trabalhar para sermos mais exigentes connosco próprios, por uma classificação condizente com o que é a História do Boavista», afirmou o antigo médio e internacional português, agora técnico dos axadrezados, pelos quais se sagrou campeão nacional em 2000/01.


20.28 horas - Carlos Pinho, presidente do Arouca, promete «alvos referenciados» para substituir André Silva caso o avançado brasileiro, que admitiu na zona de entrevistas rápidas, «estar a ser muito cobiçado, não só por clubes nacionais mas do estrangeiro» e ainda não saber «se conseguem segurá-lo» no clube, saia mesmo. do Arouca. «Não quero sofrer tanto como no ano passado. Esperamos uma época mais tranquila na Liga», afirmou Carlos Pinho.


20.25 horas - Fim da cerimónia no Centro de Congressos na Alfândega do Porto. Fica a revelação dos dérbis e clássicos com os três primeiros classificados de 2021/22: há um FC Porto-Sporting a 21 de agosto, logo na 3.ª jornada (em Alvalade será na 20.ª ronda o clássico de leões e dragões), e a 15 de janeiro, na 16.ª jornada, há dérbi na Luz, Benfica-Sporting, com os leões a receberem as águias depois na 33.ª e penúltima ronda, em Alvalade. O Benfica-FC Porto acontece a 8 de fevereiro, na 10.ª jornada, com a visita dos encarnados ao Dragão a surgir na 2.ª volta, na 27.ª jornada. Para o Sporting, a certeza de visitar os redutos dos dois principais rivais ainda na primeira volta, e até final da primeira quinzena de janeiro de 2023.


20.20 horas - SC Braga-Sporting, FC Porto-Marítimo e Benfica-Arouca são os jogos a criar mais expetativa na 1.ª jornada, a 6 e 7 de agosto. Na 2.ª jornada, o Benfica desloca-se ao recinto do Casa Pia, enquanto o Vizela recebe o campeão nacional, FC Porto, e o Sporting recebe, em Alvalade, o Rio Ave.


20.12 horas - Já foi divulgado o calendário da Liga 2022/2023. 




 

20.10 horas - Uruguaio Darwin Nuñez, ex-Benfica (já no Liverpool), além de Melhor Marcador, é eleito o MVP (Melhor Jogador) da Liga 2021/22. «Quero agradecer a todos esse calor humano. E também aos meus companheiros e equipa técnica do Benfica, sem eles não tinha sido possível. Deram-me sempre muita força. Ainda sou jovem mas estou muito agradecido a todos», afirmou o sul-americano, numa mensagem gravada propositadamente para a cerimónia e de pronto exibida.


20.08 horas - Tiago Craveiro, administrador da UEFA e antigo diretor-geral da Federação Portuguesa de Futebol, é o distinguido com o Prémio Liga Portugal. O responsável agradeceu numa mensagem gravada, sempre recordando os laços a Portugal e ao futebol português.


20.08 horas - Guga (Rio Ave) recebe o Prémio de Melhor Marcador da Liga 2. «Partilho o prémio com os meus companheiros e o presidente do clube».


20.05 horas - Sérgio Conceição, FC Porto, Campeão Nacional e vencedor da Taça de Portugal, foi eleito o Melhor Treinador da Liga em 2021/22. «Estou eu mas não estão aqui 60 pessoas que trabalharam comigo para conquistarmos este campeonato e que também merecem e com quem partilho este prémio. Quando percebi que ia ganhar o campeonato? Lembro-me, na penúltima jornada [vitória na Luz, 1-0, título virtualmente garantido]. E no Estoril, a perdermos por 0-2 acabámos por ganhar o jogo 3-2, é um reflexo da forma ambiciosa como os jogadores trabalharam. Percebemos que teríamos desafios muito importantes pela frente. Houve um momento que foi muito importante para a equipa continuar a ganhar, de forma consistente e convincente. Mas todos trabalharam de forma afincada diariamente. Ganhar dá-me sempre prazer. Por tudo aquilo que o FC Porto vivia nesse momento. O clube teve um período de dificuldades financeiras. E continua a ter. Infelizmente em Portugal é assim, e não é só cá. Os treinadores em Portugal têm de ser cada vez mais criativos e inteligentes a rendibilizar os ativos, com tantos talentos a sair. Mas os recursos são essenciais. E tenho de me virar para o que erro, para o que fiz, para as vitórias, para a minha vida profissional. O que posso aconselhar é paixão e dedicação, mas o trabalho é a base de tudo», afirmou, em direto, e em videochamada, o treinador dos dragões.


19.55 horas - O sorteio do calendário da Liga 2 está aí: Benfica B-Académico de Viseu e FC Porto B-Covilhã na 1.ª jornada, a 7 de agosto. Na 2.ª jornada, os encarnados vão a Tondela e os dragões deslocam-se ao recinto da B SAD.


19.50 horas - A Fundação Benfica é a distinguida com o Prémio de Mérito, pelo trabalho desenvolvido. Simão Sabrosa recebe o galardão. «Agradeço este prémio e dizer que em Portugal a Fundação Benfica já ajudou mais de 50 mil pessoas, além do apoio à Ucrânia, que conseguiu mobilizar o País, juntando seis camiões de 25 toneladas de ajuda humanitária para enviar de ajuda para eles. Muito obrigado», afirmou a antiga estrela dos relvados.


19. 48 horas - Prémio Vítor Oliveira, para o Melhor Treinador, quebrou jejum de 83 anos de afastamento do Casa Pia do escalão principal: é Filipe Martins, que devolveu os 'gansos' à Liga. «Sinto-me na obrigação de partilhar o troféu com muita gente, importante na conquista do objetivo, devolver o Casa Pia ao convívio dos melhores em Portugal. Uma palavra para todos os que me ajudaram, numa Liga 2 tão competitiva e com treinadores tão competentes. Há um nível consensual de empatia, talvez o maior que o futebol português teve até hoje. Agora, isto obriga a transcendermo-nos no nosso trabalho, a todos, no Casa Pia. Mas isso é algo que vivemos naturalmente, não precisamos de ser pressionados. Todos os que trabalham neste projeto sabem que é para elevar o nome do Casa Pia o mais alto possível. Com trabalho e humildade, vamos defender os pergaminhos do Casa Pia. Não vamos arranjar desculpas, antes arranjar cada vez mais forças para trabalharmos mais e melhor, e tenho a certeza que no final da época atingiremos os nossos objetivos», afirmou Filipe Martins.


19.44 horas - «Quando a bola veio, tentei, já tinha visto o guardião adiantado. Já o revi muitas vezes na televisão, sempre sonhei fazer um golo destas. Fiquei muito feliz! Espero conseguir fazer muitos mais. Mas nem sempre dá para arriscar. No entanto, a ambição de fazer golos bonitos vai estar sempre presente», afirmou André Silva, do Arouca, numa videochamada sobre o Golo do Ano 2021/22.


19.42 horas - O Golo do Ano de 2021/22 na Liga, cabe a André Silva, na 28.ª jornada, na receção do Arouca ao Gil Vicente - uma monumental 'chapelada' desde antes da linha intermediária ao guardião dos barcelenses. Foi este o golo mais votado pelos fãs.


19.40 horas - Fernando Meira, ex-jogador de V: Guimarães, Benfica e Estugarda e Embaixador da Liga, tira os números da chave para o sorteio do calendário da Liga. Saiu a chave 773746.


19.33 horas - Uma 'bicicleta' de Fábio Fortes, na receção da Académica de Coimbra ao Nacional, valeu ao jogador dos estudantes a distinção, por votação dos fãs, de Golo do Ano 2021/22 da Liga 2. «É um momento de inspiração. Não posso dizer que andei a treinar 'aquilo'. Estive três meses afastado após uma condição médica defeituosa, soube bem. Todos os golos que fiz esta época foram muito difíceis. Passei uma má fase, por impedimento da prática desportiva e questões de saúde. Quero deixar aqui apelo a todos para cuidarem da saúde mental dos atletas, devido ao impacto que estes três meses tiveram em mim. Tenham cada vez mais esse cuidado em relação à parte mental dos atletas», disse o jogador da Académica, numa videochamada em direto para a cerimónia.


19.25 horas - Anunciados os novos moldes da Taça da Liga, com sorteio da 1.ª Fase a 23 de setembro. Serão seis grupos de 4 equipas cada um mais outros dois agrupamentos com cinco equipas. Os oito vencedores dos grupos passam aos quartos de final, cujos triunfadores jogarão a Final Four de 21 a 28 de janeiro de 2023 em Leiria.


19.20 horas - Vitinha, ex-FC Porto (já no PSG) vence o Prémio do Melhor Jogador Jovem do Ano da Liga. «Queria agradecer aos capitães de equipa e técnicos que votaram em mim. É um prémio que fica para a vida inteira. Agradeço, claro, aos meus companheiros de equipa e equipa técnica, que soube tirar o melhor de mim. Nada disto teria acontecido se não fosse o sucesso do FC Porto, ao conquistar Campeonato Nacional e Taça de Portugal. Estou muito feliz, é um sonho concretizado», afirmou Vitinha, autor de dois golos e três assistências durante a época, numa mensagem gravada exibida no auditório.


19.20 horas - 'Thinking Football' é o tema da 'Football Summit', anunciada pela Liga de 18 a 20 de novembro na Super Bock Arena/Pavilhão Rosa Mota, no Porto, com workshops e muitas iniciativas.


19.16 horas - Henrique Araújo, do Benfica B, vence o Prémio para o Melhor Jogador da Liga 2.


19.13 horas - O antigo defesa-central de SC Braga e Benfica e internacional português Ricardo Rocha apresenta o Projeto Talent Legends, um circuito nacional que permitirá a antigos ídolos jogarem e aos adeptos voltarem a rever glórias de antigamente. ««É uma oportunidade para antigos jogadores voltarem a fazer o que mais gostam, competir e jogar, e de os adeptos os voltarem a ver em ação», afirmou Ricardo Rocha sobre o novo projeto, que terá a sua estreia em 2022/23.


19.10 horas - Os guardiães Mika, da Académica, e o grego Odysseas Vlachodimos, do Benfica, vencem nos dois escalões o Prémio Neno, para o 'fair-play' a nível individual. «Obrigado», agradeceu o guarda-redes português dos estudantes, numa videochamada. «Há que saber ganhar e saber perder».


19.07 horas - Trofense, da Liga 2, e Benfica, da Liga, vencem o Prémio Neno, relativo ao 'fair-play' nos dois escalões. Sílvio Cervan recebe o troféu pelos encarnados, Bárbara Almeida pelo clube da Trofa.


19.05 horas - A representação do Benfica na Alfândega do Porto está a cargo de Lourenço Pereira Coelho, Simão Sabrosa, Sílvio Cervan e Henrique Araújo. Já o o FC Porto tem o diretor-geral, Luís Gonçalves, a representar os campeões nacionais e vencedores da Taça de Portugal em 2021/22.


19 horas - Cláudia Semedo e Pedro Mendonça, os anfitriões, começam a cerimónia, com Pedro Proença, presidente da LPFP, na primeira fila.


18.45 horas – Marco Aurélio Carvalho, diretor-geral do Rio Ave, que volta à Liga, depois de uma época na Liga 2. «É uma gala especial, o ano passado foi muito dolorosa, ‘passámos pelo inferno’, como o presidente disse. Vem aí mais um campeonato difícil, que queremos enfrentar. Depois de passarmos por Liga 2 tão competitiva e valiosa, estamos mais preparados. A competitividade na Liga está a aumentar de ano para ano, qualquer equipa pode permanecer ou descer. O nosso estádio está com algumas dificuldades de lotação, queremos é um bom jogo a abrir para oferecer aos nossos sócios a festa do futebol», disse o responsável dos vila-condenses.


18.50 horas – O presidente do V. Guimarães, António Miguel Cardoso, está confiante. «Expetativa na nova época? É um prazer estar aqui. A nossa expetativa é enorme. Estamos a trabalhar! Começámos a pré-época uma semana mais cedo, a responsabilidade é acrescida. O Vitória é sempre o Vitória! Expetativas superiores, claro, mas penso que será diferente, temos mais qualidade. A saída do Rochinha? O Vitória tem de vender, tentámos fazer a negociação possível e ele não sair em final de contrato, foi o melhor possível para todos. No mercado, quando saem, já temos referenciado alguém para o substituir. E temos de lá ir buscar uma estrela», confirmou: os vimaranenses vão ao mercado.


18.50 horas – Presidente da SAD do Vizela, Diogo Godinho, com confiança para 2022/23. «Estamos mais preparados este ano. Felizmente correu bem, agora a responsabilidade aumenta. Vamos com outra preparação, mais seguros e cientes da dificuldade do campeonato. Deixámos uma boa imagem em 2021/22, todos os que gostam de bom futebol falaram no Vizela. E temos uma massa adepta fantástica». Em 2021 começámos em Alvalade [Sporting], gostaria de voltar a apanhar uma equipa grande, pessoalmente, logo a abrir», afirmou Diogo Godinho à entrada.


18.50 horas – Miguel Ribeiro, presidente da SAD do Famalicão, otimista para 2022/23. «Espero um ano tranquilo, a olhar para os lugares cimeiros. Estabilidade será uma palavra de ordem no Famalicão. Tivemos alguma dificuldade nestes dois anos, sofremos um pouco mais do que os outros. Acreditamos que agora estaremos muito mais favorecidos para podermos operar no mercado. Há dois meses de mercado ainda pela frente, ainda estamos numa fase precoce desta janela do mercado», afirmou o responsável dos famalicenses.


18.30 horas - «Todos partimos da mesma posição, vamos ver, a expetativa é otimista», afirma Fernando Ferreira, capitão de equipa do Académico de Viseu, a representar os beirões na cerimónia. «Não temos objetivo irrealista de subida na Liga 2, é muito propícia a surpresas, vemos grandes orçamentos depois ainda a descerem de divisão», afirmou o antigo jogador também de B SAD e Tondela.


18.20 horas - Paulo Renato também fala na zona de entrevistas rápidas, ele que foi eleito o delegado do ano.


18.05 horas - Rui Ferreira, treinador do Feirense, foi o primeiro a surgir na zona de entrevistas rápidas.


A Liga, presidida por Pedro Proença, informou de antemão todos os clubes e interessados de várias condicionantes ao sorteio que definirá o calendário da próxima época.


A começar por quatro duplas de equipas que não poderão jogar na condição de visitados na mesma jornada, pela proximidade geográfica: quando um joga em casa, o outro jogará como visitante, obrigatoriamente, para os desencontrar.


São os casos de Benfica e Sporting, mas também de FC Porto e Boavista, ainda de SC Braga e V. Guimarães… e também de Gil Vicente e Famalicão, este último caso a pedido das forças de segurança. Quando um joga em casa, o outro jogará fora.


A Liga aconselhou ainda a «evitar, na medida do possível, que a mesma equipa dispute consecutivamente em casa ou fora, os seus jogos com as cinco equipas que, nas três épocas desportivas antecedentes, tenham tido melhor classificação média».


Uma decisão para evitar que por exemplo na Liga, um dos restantes 13 clubes defronte de enfiada FC Porto, Sporting, Benfica, SC Braga e V. Guimarães, no que seria um ciclo de calendário intenso e duro. A evitar o que sucedeu em temporadas anteriores.


Da mesma forma, para evitar a sobrecarga logística e desgaste de duas viagens de avião consecutivas, a Liga quer evitar que uma equipa jogue fora de rajada nos Açores (Santa Clara) ou Madeira (Marítimo), ou vice-versa, no espaço de duas ou três jornadas (mesmo com uma como anfitrião, de permeio).


A sobrecarga e desgaste norteia também o evitar de jogos de clubes que participam nas provas da UEFA, para que não joguem mais do que uma jornada seguida entre si.


Mas também clubes que vão disputar o acesso a fases de grupos de provas europeias não podem viajar de forma seguida à Madeira e Açores, ou vice-versa, para proteger a «competitividade» do futebol português na UEFA.


Recorde-se que estão nesta condição – disputar acesso a fases de grupos de provas da UEFA – o Benfica mas também o Gil Vicente e o V. Guimarães. Este trio não poderá defrontar Marítimo ou Santa Clara nas primeiras quatro jornadas da Liga.


Nem tão pouco pode o supracitado trio ter como rivais, nas cinco rondas inaugurais da Liga, as equipas com melhor média nos últimos três anos - onde se incluem, além dos próprios Benfica e V. Guimarães, ainda FC Porto, Sporting e SC Braga.


A Liga estipulou mesmo as jornadas em concreto em que há a evitar embates entre representantes de Portugal nas provas da UEFA.


«Nas jornadas 6.ª, 9.ª, 24.ª, 27.ª, 28.ª e 32.ª não poderá haver jogos entre equipas da UEFA Champions League e UEFA Europa League/UEFA Europa Conference League», avisa desde logo o comunicado da Liga, onde está já disposto, ainda, que Marítimo e Casa Pia vão jogar fora na 1.ª jornada.


Na Liga 2, destaque para as duas equipas B - de Benfica e FC Porto, respetivamente - , que, sabe-se também já de antemão, jogarão entre si na última jornada de cada volta.


Ainda na Liga 2, realce para a circunstância de Tondela, B SAD e Torreense jogarem obrigatoriamente a 1.ª jornada como visitantes. No caso da B SAD, está já definido que aturará como visitante (fora) na 34.ª e última ronda da prova.


Recorde-se que a 1.ª jornada tanto da Liga 2022/23, como da Liga 2 – ambas as «competições profissionais» - está agendada para o fim-de-semana de 6 e 7 de agosto, enquanto a 34.ª e última jornada irá acontecer a 28 de maio de 2023.


Três distinções individuais a atribuir


Na cerimónia, que tem início às 19:00, no Centro de Congressos Alfândega do Porto, serão igualmente entregues os prémios individuais relativos à última edição dos dois campeonatos profissionais, bem como do jovem jogador mais em destaque


Quanto à Taça da Liga, sabe-se já que a fase de grupos vai ocorrer quase em simultâneo com o Mundial-2022: entre 18 de novembro e 17 de dezembro, enquanto a prova no Catar começa a 21 de novembro e vai terminar a 18 de dezembro.


Durante o ‘Kick-Off 2022/23’, serão também atribuídos os prémios para O MVP [Most Valuable Player, ou Melhor Jogador] da Liga e da Liga 2 em 2021/22. Um galardão que resulta da votação dos 18 treinadores e capitães de equipa de cada uma das formações dos dois escalões.


Entre a dezena de candidatos ao título de Melhor Jogador da Liga 2021/22, só quatro se mantêm nos clubes que representaram na época transata: são eles Fran Navarro (Gil Vicente), Ricardo Horta (SC Braga), Otávio e Taremi (FC Porto).


A estes juntam-se sexteto de candidatos todos eles já em novos emblemas para 2022/23: Vitinha (ex-FC Porto), agora no campeão francês, o PSG, o colombiano Luis Diáz (ex-FC Porto) – que em janeiro rumou ao Liverpool -, o espanhol Pablo Sarabia (ex-Sporting, que regressou, findo o empréstimo aos leões, ao PSG), o uruguaio Darwin Núñez (ex-Benfica, já no Liverpool) e dois ex-Gil Vicente, Pedrinho (nos turcos do Ankaragucu) e Samuel Lino (este já no Atlético de Madrid, Espanha).


Quanto ao Melhor Jovem Jogador, os dez nomeados de 2021/22, são Diogo Costa, Evanilson (FC Porto) e Vitinha (já PSG, ex-FC Porto), Matheus Nunes e Marcus Edwards (Sporting), Darwin Nuñez (já Liverpool, ex-Benfica), Ricardinho (Santa Clara), André Almeida (V. Guimarães), Nuno Santos (P. Ferreira) e Samuel Lino (já Atl. Madrid, ex-Gil Vicente).


Quando ao melhor jogador da Liga 2, os nomeados são Guga (Rio Ave), Jota e Saviour Godwin (ambos do Casa Pia), Batxi, João Teixeira e Wellington (trio do Chaves), Henrique Araújo (Benfica B), Rodrigo Martins (Mafra), Diogo Pinto (Estrela da Amadora) e João Carlos (Académica de Coimbra).

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias