Portugal derrotado pela Espanha nos penáltis

Futsal 03.07.2022 20:57
Por Eduardo Pedrosa Marques

Portugal perdeu diante da Espanha (1-4 no desempate por penáltis, após o 3-3 no final do prolongamento) e, dessa forma, viu fugir a oportunidade de conquistar o Campeonato da Europa de futsal feminino.


Foi uma tarde inglória para a equipa das quinas. Apoiadas por cerca de 3000 adeptos que lotaram o Pavilhão Multiusos de Gondomar, as comandadas de Luís Conceição demonstraram que estavam dispostas a escrever uma história diferente relativamente a 2019 - quando, na altura, Portugal foi derrotado por Espanha (0-4), na final da primeira edição do Europeu -, e a vantagem ao intervalo, fruto dos golos apontados por Ana Azevedo e Pisko (Ale de Paz reduziu para as espanholas), só pecava por escassa. 


Nos segundos 20 minutos, Portugal continuou na mó de cima, mas nunca conseguiu voltar aos dois golos de diferença. Aproveitou a Espanha que, a cinco minutos do final do tempo regulamentar, chegou ao empate, novamente por intermédio de Ale de Paz.


O jogo seguiu, então para o prolongamento, e, nesse período, voltou a ser Portugal a equipa mais perigosa. Pisko, na transformação de um livre de 10 metros, não conseguiu colocar a equipa das quinas novamente na frente e, castigo dos castigos, poucos minutos depois María Sanz voltava a dar vantagem à turma espanhola. Já na segunda parte do prolongamento, Portugal beneficiou de mais dois livres diretos, mas... voltou a  desperdiçar: Carla Vanessa e Pisko não conseguiram bater Sílvia. Até que, a pouco mais de um minuto do fim, e quando a equipa nacional já jogava em 5x4. Pisko, precisamente a jogadora escolhida para desempenhar as funções de guarda-redes avançada, colocou a bola no fundo das redes e selou o 3-3 no marcador.


Dessa forma, o duelo ibérico seguiu para os penáltis e, nesse particular, Espanha foi mais competente e venceu por 4-1. A seleção de nuestros hermanos revalidou, assim, o título europeu, para desilusão das jogadores portuguesas e dos adeptos que encheram o recinto gondomarense. 


Uma injustiça do tamanho da... Península Ibérica!


Recorde o filme do jogo:


Final da partida! Portugal 3 Espanha 3 (1-4 no desempate por penáltis).


Irene Córdoba marca. 1-4.


Ana Pires falha (defesa de Sílvia) 1-3.


Mayte marca. 1-3.


Carla Vanessa marca. 1-2.


Amélia marca. 0-2.


Ana Azevedo falha (defesa de Sílvia). 0-1.


Peque marca. 0-1.


Desempate por penáltis:


50 minutos: Final da partida! Portugal 3 Espanha 3. A final do Campeonato da Europa vai ser decidido no desempate por penáltis.


49 minutos: Remate de Janice Silva, ao lado do poste esquerdo da baliza de Sílvia.


49 minutos: Golo de Portugal! Passe de Janice Silva e Pisko remata de primeira para o 3-3.


47 minutos: Portugal opta por jogar em 5x4. Pisko é a jogadora escolhida para desempenhar as funções de guarda-redes avançada.


47 minutos: Pisko, na transformação do livre de 10 metros, atira ao lado do poste esquerdo da baliza espanhola.


47 minutos: Oitava falta cometida por Espanha. Portugal vai beneficia do terceiro livre de 10 metros.


46 minutos: Remate de Amélia para grande defesa de Ana Catarina.


46 minutos: Cartão amarelo a Ana Azevedo.


46 minutos: Terceira falta cometida por Portugal.


46 minutos: Carla Vanessa, a escolhida para a transformação deste livre de 10 metros, permite a defesa de Sílvia.


46 minutos: Sétima falta cometida por Espanha. Portugal vai beneficiar de mais um livre de 10 metros.


Início da segunda parte do prolongamento.


Intervalo do prolongamento. Portugal 2 Espanha 3.


45 minutos: Irene Córdoba, depois de uma excelente jogada individual, remata a rasar o poste direito da baliza de Ana Catarina.


44 minutos: Remate cruzado de Carla Vanessa, com a bola a sair muito perto do poste direito da baliza de Sílvia.


44 minutos: Golo de Espanha! Remate frontal de María Sanz para o 2-3.


44 minutos: Remate de Noélia para defesa apertada de Ana Catarina.


44 minutos: Remate de Dany e Fifó a fazer um grande corte para canto.


43 minutos: Pisko, na transformação do livre de 10 metros, permite a defesa de Sílvia.


43 minutos: Sexta falta cometida por Espanha. Desta forma, Portugal vai beneficiar de um livre de 10 metros.


43 minutos: Quinta falta cometida por Espanha. 


42 minutos: Assistência de Janice Silva e Ana Azevedo, na cara de Sílvia, atira à barra da baliza espanhola.


42 minutos: Mais um remate de Ale de Paz, agora de muito longe, com a bola a sair ao lado do poste esquerdo da baliza de Ana Catarina.


41 minutos: Remate em rotação de Janice Silva, depois de um excelente trabalho individual, à figura de Sílvia.


Início do prolongamento!


Final da partida! Portugal 2 Espanha 2. A final do Campeonato da Europa vai ter prolongamento.


40 minutos: Remate de Irene Córdoba para enorme defesa de Ana Catarina. A guarda-redes portuguesa fez a mancha e impediu a reviravolta espanhola.


40 minutos: Remate forte de Carla Vanessa, ligeiramente por cima da barra.


40 minutos: Remate de pé esquerdo de Janice Silva para grande defesa de Sílvia. 


39 minutos: Pausa técnica solicitada por Luís Conceição, selecionador de Portugal.


35 minutos: Golo de Espanha! Ale de Paz aproveitou da melhor forma um ressalto de bola e, ainda de fora da área, remata colocado, ao ângulo superior direito da baliza de Ana Catarina. 2-2.


34 minutos: Volta a brilhar Ana Catarina na baliza portuguesa, desta feita a voar autenticamente para impedir o golo de Noélia, que havia lançado um míssil do meio da rua.


34 minutos: Remate cruzado de Dany e boa defesa de Ana Catarina, para canto.


33 minutos: Segunda falta cometida por Portugal.


33 minutos: Remate forte de Mayte com a bola a ser devolvida pelo poste direito da baliza de Ana Catarina.


32 minutos: Cartão amarelo a Ale de Paz.


32 minutos: Quarta falta cometida por Espanha.


30 minutos: Pisko, de livre direto, faz a bola passar muito perto do poste direito da baliza espanhola.


30 minutos: Terceira falta cometida por Espanha.


30 minutos: Passe de Janice Silva e remate de Inês Fernandes à barra da baliza de Sílvia.


29 minutos: Remate forte de Inês Fernandes, por cima da barra.


27 minutos: Mais uma tentativa da seleção espanhola, desta feita por intermédio de Irene Córdoba, mas Ana Catarina volta a brilhar na baliza portuguesa.


27 minutos: Remate cruzado de María Sanz para excelente defesa de Ana Catarina, para canto.


26 minutos: Fifó, de livre direto, faz a bola passar a milímetros do poste direito da baliza de Sílvia.


26 minutos: Cartão amarelo a Mayte.


26 minutos: Segunda falta cometida por Espanha.


24 minutos: Primeira falta cometida por Portugal.


24 minutos: Remate em rotação de Janice Silva, à malha lateral direita da baliza espanhola.


24 minutos: Noélia, descaída pelo lado direito, remata de longe, forte, com a bola a sair perto do poste direito da baliza defendida por Ana Catarina.


22 minutos: Cartão amarelo a Noélia.


22 minutos: Primeira falta cometida por Espanha.


22 minutos: Excelente passe de Carla Vanessa, mas o remate de Ana Azevedo sai enrolado e muito ao lado do poste esquerdo da baliza de Sílvia.


21 minutos: Remate cruzado de Luci, à malha lateral da baliza de Ana Catarina.


Início da segunda parte!


Portugal vai para o descanso em vantagem, mas, em bom rigor... sabe a pouco. Tudo porque a equipa das quinas foi claramente superior durante os primeiros 20 minutos, conseguindo controlar o ímpeto inicial que a seleção espanhola ameaçou, mas, e acima de tudo, porque, a partir daí, passou a jogar (muito) mais tempo no meio-campo ofensivo, criando várias situações para marcar.


A inspiração de Sílvia, dona da baliza espanhola, foi evitando o golo português, que, ainda assim, acabaria mesmo por surgir, com inteira justiça, aos 12 minutos: transição rápida, vantagem numérica (3x2), passe de Ana Azevedo para Fifó, com a número 5 nacional a devolver à capitão para o primeiro da tarde em Gondomar.


Depois disso... mais do mesmo. Portugal sempre por cima, a desenhar as mais belas jogadas de ataque, mas a inspiração da guardiã contrária mantinha-se em níveis elevados. Até que, aos 19 minutos, e na sequência de uma reposição lateral de Cátia Morgado, Janice Silva fez uma assistência preciosa para Pisko rematar de primeira para o 2-0.


Pensava-se que o intervalo chegaria sem mais alterações no marcador, mas Espanha não quis fazer parte desse filme e a 27 segundos do descanso empatou, com um golaço de Ale de Paz, do meio da rua.


A qualidade exibida pelo conjunto lusitano merecia uma vantagem mais folgada, mas, a manter-se esta toada, Portugal tem tudo para manter o nível apresentado até ao momento e, pela primeira vez na história, conquistar o Campeonato da Europa de futsal feminino. O público que enche o Pavilhão Multiusos de Gondomar tem sido o que se pedia: o sexto jogador. Que apoio fantástico às comandadas de Luís Conceição!


Intervalo! Portugal 2 Espanha 1.


20 minutos: Golo de Espanha! Remate do meio da rua de Ale de Paz sem hipótese de defesa para Ana Catarina. 2-1.


19 minutos: Golo de Portugal! Reposição lateral de Cátia Morgado, assistência fantástica de Janice Silva e Pisko, à boca da baliza, encosta para o 2-0.


18 minutos: Pausa técnica solicitada por Luís Mendes, selecionador de Portugal.


16 minutos: Remate forte de Carla Vanessa, de pé direito, para excelente parada de Sílvia.


16 minutos: Terceira falta cometida por Portugal.


13 minutos: Remate de María Sanz para uma grande defesa de Ana Catarina. A guarda-redes nacional negou autenticamente o empate à Espanha.


12 minutos: Segunda falta cometida por Portugal.


12 minutos: Golo de Portugal! Transição rapidíssima da equipa das quinas, conduzida por Ana Azevedo, passe lateral para Fifó que, de forma inteligente, devolveu à capitã para o primeiro da tarde em Gondomar. 1-0.


11 minutos: Assistência de Pisko e Ana Azevedo, isolada, remata para mais uma bela intervenção de Sílvia.


11 minutos: Quarta falta cometida por Espanha.


9 minutos: Pausa técnica solicitada por Cláudia Pons, selecionadora de Espanha.


9 minutos: Primeira falta cometida por Portugal.


8 minutos: Erro monumental de Peque e Ana Azevedo, já na área, remata para grande defesa de Sílvia.


8 minutos: Passe longo de Ana Catarina e Ana Azevedo, em duelo com Sílvia, guarda-redes espanhola, cai na área. Houve muitos protestos, tanto na quadra como nas bancadas, mas a dupla de arbitragem entendeu que não havia motivos para marcar penálti e mandou seguir.


Primeiros minutos marcados pelo equilíbrio. As duas guarda-redes têm sido meras espectadoras, uma vez que o jogo tem-se desenrolado maioritariamente na zona do meio-campo. Portugal tem a seu favor o facto de já ter conseguido beneficiar de três faltas, o que pode ser uma pressão extra para as jogadoras espanholas nos cerca de 14 minutos que ainda faltam jogar até ao intervalo.


5 minutos: Cartão amarelo a Irene Córdoba.


5 minutos: Terceira falta cometida por Espanha.


5 minutos: Segunda falta cometida por Espanha.


2 minutos: Primeira falta cometida por Espanha.


2 minutos: Remate de Ana Luján, à figura de Ana Catarina.


Início da partida!


Confirma-se a casa cheia no recinto gondomarense. Nota para o momento absolutamente arrepiante que se fez sentir quando ecoou «A Portuguesa». O hino nacional foi cantado em uníssono pelos adeptos presentes no pavilhão.


Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, e Jorge Braz, selecionador nacional masculino, são dois dos ilustres presentes na tribuna de honra do Multiusos de Gondomar.


Depois da apresentação oficial das jogadoras de cada uma das seleções e da cerimónia dos hinos de Espanha e Portugal, está tudo a postos para o início da partida. 


A cerca de meia hora do início da partida, o Pavilhão Multiusos de Gondomar está já muito bem composto e, tal como aconteceu na passada sexta-feira, no encontro das meias-finais, diante da Hungria, tudo indica que as bancadas do recinto gondomarense estejam totalmente preenchidas quando começar o grande duelo com a Espanha, com cerca de 2500 portugueses a tentaram ajudar a equipa das quinas a chegar à vitória e ao título europeu.


Espanha (cinco inicial): Sílvia, Dany, Mayte, Peque e Ana Luján C

Suplentes: Marta, Noélia, Laura Córdoba, Ale de Paz, Luci, Amélia, Irene Samper, María Sanz e Irene Córdoba

Treinador: Cláudia Pons


Portugal (cinco inicial): Ana Catarina, Carla Vanessa, Cátia Morgado, Ana Azevedo C e Pisko

Suplentes: Odete Rocha, Maria Pereira, Inês Fernandes, Fifó, Janice Silva, Sara Ferreira, Carolina Rocha, Carolina Pedreira e Ana Pires

Treinador: Luís Conceição


Árbitros: Chiara Perona (Itália) e Damian Grabowski (Polónia)


Já há equipas!


As duas seleções não sentiram dificuldades em garantir presença no jogo de todas as decisões. Nos encontros das meias-finais, duas goleadas: Espanha 9 Ucrânia 0 e Portugal 6 Hungria 0.


Esta é a segunda edição do Europeu de futsal feminino, tendo a Espanha conquistado a prova em 2019, depois de vencer Portugal (4-0). Agora, três anos depois, a turma das quinas quer escrever uma história diferente e as jogadores lusas têm o forte desejo de gravar o seu nome a letras de ouro na história do futsal feminino português.


Portugal defronta esta tarde a Espanha (18 horas), na final do Campeonato da Europa de futsal feminino, partida que vai realizar-se no Pavilhão Multiusos de Gondomar. A BOLA online vai contar-lhe tudo sobre este duelo ibérico, no qual as comandadas de Luís Conceição vão tentar conquistar o título. Venha daí connosco, caro leitor. Todos juntos vamos erguer o troféu...


Boa tarde!

Ler Mais
Comentários (39)

Últimas Notícias