Portugal já conhece adversários para o Mundial

Andebol 02.07.2022 19:45
Por Redação

A Seleção Nacional de andebol vai integrar o grupo D no Mundial-2023 na Suécia e Polónia, onde defrontará, em janeiro, as congéneres de Coreia do Sul, Islândia e Hungria.


O sorteio teve lugar na Orquestra Sinfónica da Rádio Nacional Polaca, em Katowice, a mesma cidade que irá acolher o primeiro jogo da competição, entre Polónia e França, a 11 de janeiro de 2023.  

O selecionador Paulo Pereira abordou a falta de sorte de Portugal nos sorteios já que os lusos têm calhado em sequência com as mesmas equipas: «Nós não somos bons nos sorteios, mas é apenas um sorteio, juntamente com o grupo da Noruega, são os mais equilibrados em termos teóricos, mas, vejo isto como algo positivo. Desde o início temos que colocar tudo em jogo, acho ótimo estarmos numa grande competição, entre os melhores e a lutar ao alto nível para podermos avançar, mais uma vez. Oxalá que seja mais um Mundial em que consigamos melhorar a nossa marca, o nosso principal objetivo é chegarmos ao main round e de seguida traçaremos o próximo.»


Sobre os adversário que calharam em sorte, o treinador foi claro: «A Islândia é uma seleção que nos tem tocado em sorte nos últimos anos, temos ganho, temos perdido, recordo-me que no último Mundial foi um jogo-chave para nós, vencemos e ajudou-nos a passar ao main round. A Hungria é uma seleção de altíssimo nível, já conseguimos fazer um jogo disputado até ao final, portanto, também é uma equipa à qual podemos vencer. Quanto à República da Coreia, fico muito feliz por um lado, porque é histórico, termos dois treinadores portugueses no Mundial [Rolando Freitas é o treinador], tenho pena de ter calhado no nosso grupo e de nos termos que enfrentar, mas, de qualquer maneira, acho que é um sinal positivo de que o andebol português está a crescer também ao nível de treinadores.»


Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias