Oficial: clube de Rafael Leão tem novos donos (e mais um português na mira)

Milan 01.06.2022 11:04
Por Redação

A empresa norte-americana de investimentos RedBird, liderada pelo empresário Gerry Cardinale, é a nova proprietária do Milan, onde atua o avançado português Rafael Leão.


O clube oficializou esta quarta-feira a mudança de dono, depois de quatro anos da Elliot Advisers como sócio maioritário, que ainda assim mantém uma participação na empresa. O negócio deverá ficar finalizado em setembro, sendo que a Red Bird já dona do clube francês Toulouse, pagou 1,2 mil milhões de euros.


«É com muita honra que fazemos parte da ilustre história do Milan. A filosofia de investimento da RedBird mostrou que os clubes podem ter sucesso em campo com um perfil financeiro sustentável. Estamos ansiosos por iniciar uma parceria de longo prazo com o clube e continuar a impulsionar o Milan cada vez mais alto nos próximos anos», comentou Cardinale.


Gordon Singer, sócio-gerente de Elliott, destacou as das dificuldades encontradas na chegada ao clube. «Quando a Elliott adquiriu o Milan em 2018, herdou um clube com uma história extraordinária, mas com sérios problemas financeiros e desempenho desportivo dececionante. O nosso plano era simples: criar estabilidade financeira e trazer o Milan de volta ao seu lugar de direito no futebol europeu. Penso que se pode dizer que atingimos ambos os objetivos», afirmou – o Milan é o atual campeão de Itália.


Mesmo com estas mudanças de topo, o clube continua atento e a movimentar-se no mercado, de acordo com o jornal  Gazzetta dello Sport: Divock Origi, avançado belga em final de contrato com o Liverpool, já estará já garantido; continuam negociações para contratar Renato Sanches ao Lille e com a Roma por Zaniolo - o mesmo jornal diz que Mourinho recusou a inclusão de Saelemaekers para baixar o preço.  

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias