Portugal cai nos penáltis e está fora do Europeu

Sub-17 29.05.2022 17:40
Por Miguel Mendes

Ponto prévio: grande primeira parte entre França e Portugal, duas equipas com muito talento e qualidade. Começou melhor a França, uma equipa mais ligada e consistente no seu 4x2x3x1 com Tel, capitão e principal referência ofensiva, a criar muitos problemas desde os primeiros minutos. Portugal, por sua vez, num sistema que se desdobrava de um 4x1x4x1 para um 4x3x3 nas manobras ofensivas, tinha nos seus alas, Ivan Lima e Afonso Moreira, as principais setas à baliza gaulesa.


Neste colete de forças começou melhor a França, com o golo de Emery, um remate fora da área, rasteiro e bem colocado, a surpreender Diogo Fernandes. Ivan Lima fica ligado ao lance depois de perder a bola em local proibido. Portugal reagiu de pronto. Com mestria. Afonso Moreira, quatro minutos depois, apontou o golo do empate após excelente recuperação alta de Djaló. O extremo do Sporting, num remate colocado no corredor direito, acaba por ser feliz e igualar as contas.


Seguiram-se minutos de enorme pressão para Portugal. O seu período mais forte. Com explosão, critério nas saídas, consolidação defensiva e inspiração de… Essugo. O médio protagonizou um dos momentos não só do jogo como do torneio. Um golo a uns bons 30 metros. Um tiro de pé direito com a bola entrar no ângulo superior direito da baliza de Olmeta! Momento de inspiração que acabou por surpreender tudo e todos.


Portugal sentiu-se confortável com a vantagem e uma recuperação em poucos minutos. Fechou os espaços a equipa gaulesa que sentiu enormes dificuldades. E quando parecia que o intervalo deixaria a equipa portuguesa repousar ideias em vantagem eis que um lance de infelicidade de João Muniz, ao colocar a bola na própria baliza após um cruzamento de Atangana, deixou tudo igual. Estávamos a segundos dos descontos para o intervalo.


A segunda parte trouxe novos momentos de bom futebol. Quem nem a contrariedade da lesão de Afonso Moreira (para a entrada de Vivaldo Semedo) conseguiu evitar. Muito equilíbrio, lances em que o guardião de Diogo Fernandes esteve em grande plano, mas muitos problemas para o técnico José Lima que também viu Ivan Lima sair lesionado após aparatoso choque de cabeça com Saar.


Mesmo assim, apesar do domínio territorial francês, foi Vivaldo Semedo, de cabeça, após canto na esquerda, a poder sentenciar o resultado a pouco mais de dez minutos dos 90’. A França arriscou tudo, sabendo que um empate levaria o jogo de pronto para grandes penalidades, e continuou a ameaçar. Mas sem sucesso. O jogo acabaria por ser decidido nas grandes penalidades.

E aqui foi a França mais competente. As equipas não falharam os primeiros cinco, mas Manuel Mendonça falhou o sexto e Bitshiabu não desperdiçou. Portugal caiu de pé depois de uma partida com enormes de emoções fortes. 


Acompanhe aqui as principais incidências do jogo.


Portugal cai nas meias-finais. Nas grandes penalidades, com a França a mostrar mais competência. Bitshiabu apontou o golo decisivo depois de Manuel Mendonça falhar.  


Bitshiabu marca o decisivo. Golo da França.


Manuel Mendonça.... falha. Portugal falha.


Tel vai marcar.... Diogo ainda consegue tocar mas entra, Golo da França.


Djaló vai tentar e marca. Golo de Portugal.


Byar também marca. Golo da França.


Essugo irá tentar fazer o quarto. E marca. Golo de Portugal.


Vem aí Kabamba... e marca. Golo da França.


Dinis Rodrigues é chamado e... marca. Golo de Portugal.


É a vez de Diallo. Não falha. Golo da França.


João Muniz vai marcar... Golo de Portugal.


Guengui marca para a França. Golo da França.


João Vasconcelos vai marcar o primeiro. Golo de Portugal.



Final do jogo. Tudo será decidido nas grandes penalidades.



90' O árbitro deu mais cinco minutos de compensação.


89' Essugo estendido no relvado, totalmente esgotado. Portugal tenta segurar o empate sem energia para muito mais.


85' Cinco minutos para o final e afiguram-se decisões nas grandes penalidades.


82' Saettel, principal dinamizador da equipa francesa nesta fase, volta a arriscar o remate mas sai fraco. 


Recorde-se que caso se mantenha o empate até aos 90', o jogo seguirá logo para grandes penalidades. Não haverá prolongamento.


78' Vivaldo Semedo teve o golo na cabeça! Canto apontado na esquerda e o avançado, nas alturas, a ganhar e atirar muito perto do poste!


73' Saettel quase marca! Cruzamento/remate na esquerda que proporcionou enorme defesa a Diogo Fernandes. Portugal atravessa agora maiores dificuldades.


Lance continua interrompido mas Ivan Lima parece estar melhor, ainda que acabe por ser substítuido para a entrada de Manuel Mendonça. Rodrigo Ribeiro também saiu para dar lugar a Dinis Rodrigues. 


64' Lance assustador a envolver Ivan Lima. O extremo embate de cabeça com Saar e equipa médica entra de imediato!


55' Afonso Moreira sai lesionado para dar a entrada a Vivaldo Semedo. Primeira contrariedade para a equipa de José Lima.


54' Tel quase faz o terceiro. Desequilibrio no corredor esquerdo e o avançado com toque acrobático fica muito perto do golo.


50' Iva Lima arrisca o remate fora da área mas por cima!


Jogo começa com os mesmos onzes nas duas equipas.


Começa a segunda parte em Israel. 2-2 é o resultado.


Intervalo. 2-2 é o resultado após 45 minutos de muita emoção, grandes golos e alguma infelicidade


45+1' Golo da França, 2-2, infelicidade de João Moniz. O central português, num lance infeliz na sequência de um cruzamento de Atangana, desviou a bola para a própria baliza. 


43' Jogo caminha para o intervalo e Portugal a gerir com mestria a preciosa vantagem alcançada à passagem dos 20 minutos. França tem ameaçado mas sem consequências práticas. 


38' Essugo tira o golo a Doué que aparecia no coração da área para finalizar. 


31' Afonso Moreira quase faz o terceiro na marcação de um livre na direita. Bola voa e ainda embate na trave. 


30' Cartão amarelo para Kumbedi, lateral da equipa francesa, após entrada muito dura sobre João Veloso. 


29' Vamos caminhando para a meia hora de jogo e Portugal conseguiu não só equilibrar a entrada forte da França, que se colocou na frente do marcador, mas também ganhar domínio sobre o adversário. A equipa portugesa colocou-se na frente em apenas oito minutos.


Momento de enorme inspiração do médio leonino. Essugo puxou o pé direito atrás e surpreendeu tudo e todos com um remate que deixou todos de boca aberta. 


20' Golo de Portugal, 1-2! Dário Essugo à lei da bomba!! Será, por certo, um dos melhores golos deste Europeu! O médio, com apenas dois toques, a uns bons 30 metros da baliza gaulesa, atira um potente remate com a bola a entrar no canto superior esquerdo da baliza de Olmeta! 


18' Rodrigo Ribeiro tenta remate de primeira a cruzamento de Ivan Lima pela esquerda, mas bola sai ao lado.


Afonso Moreira aponta o quarto golo na competição.


12' Golo de Portugal, 1-1, por Afonso Moreira! Está feito o empate com o extremo leonino em grande plano e aproveitar uma excelente recuperação de Djaló que devolveu de forma perfeita para o atacante que faz parte dos quadros do Sporting.


11' Portugal demasiado passivo deu a iniciativa de jogo aos gauleses que aproveitaram o bom remate de meia distância de Emery para colocar a França na frente do marcador. 


8' Golo da França! Emery faz o primeiro! Portugal entra com o pé esquerdo. Perda de bola numa saída de Ivan Lima e Emery recupera e atira forte fora da área para o primeiro dos gauleses!


15.30 horas: Arranca a partida!


14.30 horas: Já são conhecidos onzes!


Portugal: Diogo Fernandes; João Conceição, João Muniz, Diogo Monteiro, Leonardo Barroso; Djaló, Dário Essugo, João Veloso; Ivan Lima, Rodrigo Ribeiro e Afonso Moreira.


Suplentes: Francisco Silva, Rafael Luis, Dinis Rodrigues, Martim Fernandes, Luís Gomes,Manuel Mendonça, Tiago Andrade, Vivaldo Semedo, João Gonçalves.


França: Olmeta; Kumbedi, Sarr, Bitshablu, Belocian; Zaire Emery, Atangana, Byar, Doué, Saettel; Tell.


Suplentes: Raveyre, Vangi, Gueguin, Diallo, Mawissa, Zidane, Aiki, Ndiaye e Kabamba.

Ler Mais
Comentários (20)

Últimas Notícias