Roman Abramovich quebra silêncio

Chelsea 28.05.2022 12:44
Por Redação

Após ter sido anunciado, esta manhã, que foi alcançado um acordo «final e definitivo» para a venda do Chelsea ao consórcio liderado por Todd Boehly, Roman Abramovich quebrou o silêncio e pronunciou-se, através de comunicado.  

«Já se passaram quase três meses desde que anunciei minha intenção de vender o Chelsea. Durante esse tempo a equipa trabalhou arduamente para encontrar o guardião certo, que estaria melhor posicionado para liderar com sucesso o clube no seu próximo capítulo.

A propriedade deste clube leva grande responsabilidade. Desde que cheguei ao Chelsea, há quase vinte anos, testemunhei, em primeira mão, o que este clube pode alcançar. O meu objetivo foi garantir que o próximo proprietário tenha uma mentalidade que permita o sucesso das equipas masculina e feminina, bem como a vontade e o impulso de continuar a desenvolver outros aspetos-chave do clube, como a academia e o trabalho vital da Fundação Chelsea.

Estou satisfeito com esta conclusão bem sucedida. Ao entregar o Chelsea aos seus novos proprietários, gostaria de desejar-lhes o maior sucesso, dentro e fora do campo. Foi uma honra para toda a vida fazer parte deste clube - gostaria de agradecer a todos os jogadores, funcionários e, claro, adeptos do passado e atuais. Estou orgulhoso de que, como resultado dos nossos sucessos conjuntos, milhões de pessoas agora beneficiarão da nova fundação de caridade que está a ser criada. Este é o legado que criamos juntos. Obrigado», lê-se na nota publicada pelo Chelsea.
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias