Dois candidatos às eleições

Académica 20-05-2022 23:11
Por Eduardo Pedrosa Marques

Miguel Ribeiro e Pedro Roxo são os dois candidatos à presidência da Académica para as eleições do próximo dia 4 de junho.

 

Ambas as listas foram entregues ao final do dia desta sexta-feira, em cima do prazo estipulado pelo aviso convocatório elaborado pela Mesa da Assembleia Geral.

 

No caso de Miguel Ribeiro, que encabeça a Lista C, e que tem o desígnio de «Académica com futuro», trata-se de um nome que também é bastante conhecido do seio académico, uma vez que foi diretor-geral da formação da Briosa entre 2012 e 2016, altura em que os estudantes eram presididos por José Eduardo Simões.

 

Em declarações a A BOLA, o jurista, de 51 anos, explica os motivos desta sua candidatura. «Vamos tentar recuperar a Académica, estabilizando-a, para que o clube possa voltar a ter sucesso desportivo. No fundo, regressar ao trilho da sua história. A Liga 3 não é, de todo, o lugar da Académica. Encaramos este desafio com um verdadeiro espírito de missão, para que seja uma Académica com futuro. Esta realidade não é consonante com a dimensão da Académica. E se nos recordarmos que, precisamente hoje, celebramos 10 anos da conquista da Taça de Portugal, então a situação atual é mesmo altamente preocupante. Queremos criar condições para que a Académica volte a encher de orgulho todos os seus sócios e adeptos», afirmou.

 

Acrescente-se ainda que, nesta Lista C, Fernando Barata Alves é o candidato a presidente da Mesa da Assembleia Geral, António Preto concorre ao Conselho Fiscal e Luís Neves é o número um ao Conselho Académico.

 

Relativamente a Pedro Roxo, trata-se da recandidatura do atual presidente que, recorde-se, está no cargo desde 2017. Agora, e mesmo depois de consumada a descida do clube à Liga 3, o líder dos estudantes não abandona o barco e apresenta uma nova perspetiva: a entrada de um grupo de investidores, apresentado na parte final desta temporada, e que promete ser o alicerce para a eventual alteração de modelo societário, de SDUQ para SAD, o que necessita, logicamente, de aprovação dos sócios em Assembleia Geral convocada para o efeito.

 

Pedro Roxo apresenta-se pela Lista D, que tem o slogan de «Académica com vida», e na hora da recandidatura, assumiu a A BOLA o que pretende fazer no novo mandato, caso seja o vencedor do sufrágio. «Temos a responsabilidade, perante a Académica e os seus sócios, de defender o nosso projeto e reestruturar definitivamente o clube. Assumimos que o momento não é positivo, mas estamos presentes para fazermos parte da solução. A questão da eventual alteração do modelo societário dependerá, sempre, dos associados, e vamos continuar a elucidar os sócios sobre este nosso projeto», concluiu.

 

Da Lista D, e como candidatos aos restantes Órgãos Sociais, João Paulo Pinto Mendes concorre à Mesa da Assembleia Geral, Pedro Peão ao Conselho Fiscal, sendo Horácio Antunes o número um ao Conselho Académico.

 

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos