Sá Pinto castigado 15 dias e falha 'play-off'

Moreirense 19-05-2022 18:38
Por Redação

Os efusivos festejos de Ricardo Sá Pinto após o jogo com o Vizela saíram caro ao treinador do Moreirense, que foi castigado por 15 dias e, por isso, não poderá estar no banco nos dois jogos do ‘play-off’ de manutenção frente ao Chaves, nos dias 21 e 29.

 

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol justifica a decisão com a «lesão da honra e da reputação e denúncia caluniosa», tendo Sá Pinto ainda de pagar uma multa de 2.805 euros. Como resposta à festa dos adeptos do Vizela dos golos do Tondela frente ao Boavista (o resultado interessava ao Moreirense), o treinador dos cónegos dirigiu-se, no final do jogo, a essa zona das bancadas e provocou-os (ver notícia associada).

 

«O treinador principal do Moreirense, Ricardo Manuel da Silva Sá Pinto, percorreu parte do relvado em direção à bancada topo norte, onde se encontravam ainda parte dos adeptos do Vizela, e dirigindo-se a estes, disse de forma audível por parte do Comandante da força da GNR, a expressão "Tomai, toma lá cara***" ao mesmo tempo que executava com os braços dois tipos de gestos. Um com ambos os braços afastados e semi-levantados em festejo, bem como outro, com um braço na vertical e outro na horizontal, cruzados em frente ao peito, gesto comummente apelidado de manguito. A execução destes gestos e as palavras proferidas foram vistas pelos adeptos do Vizela como provocatórias, tendo-se seguido, de forma generalizada, uma onda de injúrias. Sendo que a partir deste momento os adeptos ainda presentes na bancada começaram a entoar de forma uníssona o cântico "e oh Sá Pinto vai pro cara***"», pode ler-se no mapa de castigos do organismo.

Ler Mais
Comentários (25)

Últimas Notícias

Mundos