Presidente desvaloriza polémica dos bilhetes

Tondela 18-05-2022 08:56
Por Arménio Pereira

A procura desenfreada aos bilhetes para a final da Taça de Portugal levou a que alguns adeptos portistas provocassem na tarde de segunda-feira alguns desacatos na loja dos beirões.

 

Contactado por A BOLA, o presidente do clube, Gilberto Coimbra, manifestou a sua preocupação, embora sem querer empolar o sucedido. Por isso, faz questão de salientar que o FC Porto não tem culpa do que aconteceu e que «falar nisto é dar valor a este tipo de comportamentos». O clube tomou as diligências necessárias, suportadas nas imagens captadas pelas câmaras colocadas nas instalações. «As pessoas pensam que vale tudo e não podemos dar-lhes importância. Mas volto a frisar que o FC Porto é alheio a estes acontecimentos.»

 

Em relação ao jogo, Gilberto Coimbra lembrou que, apesar do estado de espírito de todos depois da descida à Liga 2, há que levantar a cabeça e seguir em frente. «O Tondela estava há sete anos na Liga, fez um percurso lindo do qual também fiz e faço parte e orgulho-me disso. Agora caiu e há que rapidamente, a partir da próxima semana, preparar a época a tempo e horas e ir à procura de uma reposição do clube na Liga.»
O presidente do clube tem confiança no brio, profissionalismo e dignidade dos jogadores para o jogo com o FC Porto. «Esta é uma oportunidade única que muita pouca gente se orgulha de estarem presentes na final do Estádio Nacional.  Ninguém pode roubar nos pergaminhos da Federação Portuguesa de Futebol que na época 2021/2022 o Tondela foi finalista da Taça de Portugal.»

 

Gilberto Coimbra reconhece que o favoritismo está do lado do campeão nacional, mas numa final tudo é possível, com 50 por centro de probabilidades para cada lado. «O peso da responsabilidade pende para o FC Porto, mas é um jogo e tudo pode acontecer», concluiu.                   

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias