Quarta ‘negra’ (6-5) de rajada e sensacional Hicks já vai nos 'quartos' do ‘UK’

Snooker 02-12-2021 23:39
Por António Barroso

O veterano inglês Andy Hicks, de 48 anos, que começou o UK Championship em 102.º do ‘ranking’ e já subiu a 82.º, continua o conto de fadas na prova da época 2021/22 da World Snooker que decorre até domingo, dia 5 do corrente mês, em York (Inglaterra), ao garantir na noite desta quinta-feira a última vaga nos ‘quartos’ com uma vitória por 6-5 sobre o compatriota David Gilbert, de 40 anos, 18.º da tabela.

 

Hicks, que já amealhou, por chegar aos quartos de final do ‘UK’, tanto quanto conseguira na época 2020/21, já deitara borda fora desde 23 de novembro em York ‘só’ o chinês Liang Wenbo, os ingleses Michael Holt e Dominic Dale… sempre na ‘negra’, 6-5!

 

Para (não) variar, foi no 11.º parcial que se impôs a David Gilbert neste último jogo dos oitavos de final a concluir-se, e que o deixa a um passo de atingir, pela sétima vez, uma meia-final na sua longa carreira de profissional, desde 1991 até 2013, interrompida então e retomada em 2019 pelo ‘The Cream of Devon’, também emérito jogador de golfe, e que tem como melhor 'ranking' a 17.ª posição... em 1995/96! Há um quarto de século. Notável resiliência.

 

26 anos após ter atingido a meia-final do ‘UK’, então no Guild Hall de Preston, em 2005 – derrota por 1-9 ante o compatriota Peter Ebdon, então -, o profissional nascido em Tavistock mas que joga em Falmouth é já figura deste torneio. Percurso sensacional, com os resultados a falarem pela sua fibra na hora da decisão. Está a três vitórias de, 30 anos depois, um primeiro título na carreira…

 

No outro jogo da sessão noturna, a penúltima vaga nos ‘quartos’ foi para o vice-campeão mundial de 2013 e terceiro sobrevivente do ‘top 10’ ainda em prova, precisamente o 10.º da tabela, o inglês Barry Hawkins, de 42 anos.

 

Ao intervalo do encontro com o compatriota Matthew Selt, de 36 anos, 28.º do ‘ranking’, Barry perdia por 1-3. Mas venceu cinco parciais de rajada (!) para selar o triunfo por 6-3, com centenária no oitavo ‘frame’ (103 pontos, respetivamente) e ‘break’ de 92 pontos a fechar o jogo, com autoridade, para ir defrontar Andy Hicks - a quem Hawkins venceu os seis jogos entre ambos até à data…- nos oito melhores no Barbican Centre de York.

 

Durante a tarde, Jack Lisowski, de 30 anos, atual 12.º da hierarquia (já trepou desde 15.º) carimbara o passaporte para os quartos de final (6-4) às custas do carrasco do campeão e número um mundial, Mark Selby, neste ‘UK’: o ‘Príncipe da Pérsia, Hossein Vafaei.

 

O iraniano, de 27 anos, que na última atualização da World Snooker era 63.º da tabela mas já vai em 29.º da hierarquia, não resistiu ao inglês. ‘Jackpot’ foi mais cirúrgico e clínico no final de um jogo em que assinou quatro entradas superiores a 50 pontos e o iraniano três, uma delas centenária (115 pontos, no quinto ‘frame’).

 

Jack Lisowski irá discutir um lugar nas ‘meias’ na sessão noturna de sexta-feira (19 horas) em York ante o chinês Zhao Xintong, de 24 anos, 23.º da hierarquia. Quarto jogo de ambos, o asiático venceu um, o inglês de Cheltenham os outros dois, é o histórico atual.

 

Também durante a tarde Luca Brecel, de 26 anos, agora 30.º da hierarquia, selou com autoridade a ida aos oito melhores, à custa do ‘Sheriff of Pottingham’, o veterano (50 anos) Anthony Hamilton, 54.º da tabela: rotundo 6-1 – com 4-0 ao intervalo -, com três ‘breaks’ do belga acima dos 50 pontos, para apenas um do inglês.

 

Brecel irá sexta-feira, nos ‘quartos', defrontar o escocês Anthony McGill, de 30 anos, 14.º do ‘ranking’ (13 horas), a quem Luca venceu os quatro duelos em que já se digladiaram à mesa.

 

Ronnie e Kyren, os mesmo protagonistas da final do Mundial-2020: o jogo grande da ronda

 

O outro encontro da sessão da tarde de sexta-feira (13 horas), e o jogo de cartaz dos quartos de final, terá os mesmos protagonistas da final do Mundial-2020: o inglês Ronnie O’Sullivan, de 45 anos, hexacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012, 2013 e 2020) e número três da hierarquia, que já conquistou por sete vezes a prova (1993, 1997, 2001, 2007, 2014, 2017 e 2018) e tenta uma oitava no domingo, dia 5, o do seu 46.º aniversário, frente ao compatriota Kyren Wilson, de 29 anos, quinto da tabela mundial.

 

Há 15 meses, em agosto de 2020, na final do Mundial, o ‘Rocket’ (O’Sullivan) bateu o ‘Warrior (Wilson) por 18-8. Será o 11.º duelo dos dois sobreviventes do ‘top 10’ na prova, com Ronnie a somar sete vitórias e Wilson três triunfos na dezena de duelos disputados.

 

Uma das mais importantes e prestigiantes provas desta variante do bilhar e da temporada, o UK Championship pontua para o ‘ranking’ e joga-se até domingo, dia 5, no Barbican Centre, em York, sendo a primeira de três da ‘Triple Crown’ (Tripla Coroa, mais o Masters e o Mundial) da época.

 

O australiano Neil Robertson, campeão de 2020, já foi eliminado do torneio, que distribui um total de £1,009 M (€1,185 M) de prémios, das quais £200 mil (€235 mil) ao campeão e £80 mil (€94 mil) ao finalista vencido. Chegar às ‘meias’ vale £40 mil (€47 mil) e estar esta sexta-feira nos ‘quartos’ garante mínimo de £24.500 (€29 mil).

 

Até às meias-finais, o torneio, transmitido em direto para Portugal (EuroSport) é jogado à melhor de 11 ‘frames’:  ganha o primeiro a vencer seis (de 6-0 a possíveis 6-5). A final é jogada, domingo, em duas sessões (nove ‘frames’ às 13 horas, até mais dez a partir das 19 horas), à melhor de 19 parciais e vencer o primeiro a ganhar dez: de 10-0 a possíveis 10-9.

 

Oitavos de final do ‘UK’ (apurados a negro):

Noppon Saengkham-Ronnie O'Sullivan, 3-6

Zhao Xintong-Peter Lines, 6-4

Jordan Brown-Anthony McGill, 3-6

Kyren Wilson-Ben Woollaston, 6-3

Anthony Hamilton-Luca Brecel, 1-6

Jack Lisowski-Hossein Vafaei, 6-4

Matthew Selt-Barry Hawkins, 3-6

David Gilbert-Andy Hicks, 5-6

 

Quartos de final, 6.ª feira (hora local e de Portugal continental):

Anthony McGill-Luca Brecel (13 horas)

Kyren Wilson-Ronnie O’Sullivan (13 horas)

Barry Hawkins-Andy Hicks (19 horas)

Zhao Xintong-Jack Lisowski (19 horas)

 

Meias-finais, sábado:

Anthony McGill/Luca Brecel-Kyren Wilson/Ronnie O’Sullivan

Barry Hawkins/Andy Hicks-Zhao Xintong/Jack Lisowski

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias