Taremi divorciado do golo

FC Porto 28-11-2021 10:14
Por Paulo Pinto e Pascoal Sousa

Figura proeminente do ataque portista, Taremi não atravessa fase fulgurante no que toca ao capítulo da finalização. O ponta de lança passa pela maior seca de golos esta temporada - ficou em branco com o Liverpool, Feirense, Santa Clara, Milan e Boavista -, um ciclo que poderá em certa medida ser explicado pelo facto de o iraniano ter estado no epicentro de alguns temas polémicos, designadamente a controvérsia criada com o selecionador do Irão, Dragan Skocic, devido a uma troca de opiniões sobre a vertente tática dos jogadores daquele país, bem como do rótulo de piscineiro que criaram à sua volta e que tem tido repercussões em relação às arbitragens, como sucedeu nos encontros com o Paços de Ferreira e Boavista, ambos disputados no Estádio do Dragão.


Percebe-se que Taremi necessita de marcar para voltar a ganhar confiança, daí a sua reação no jogo da Taça de Portugal com o Feirense, quando amuou pelo facto de Sérgio Conceição ter delegado no seu filho, Francisco Conceição, a responsabilidade de marcar o penálti que o próprio Taremi havia ganho instantes antes.


Na última partida com o Liverpool, o número 9 dos dragões teve uma grande oportunidade de colocar o FC Porto em vantagem, mas, ao invés de rematar de primeira - estava em posição privilegiada para o fazer -, optou por um passe para trás, procurando um companheiro em melhor posição e tentando ao mesmo tempo enganar o brasileiro Alisson. A decisão não foi a melhor e deixou Sérgio Conceição irritado.

 

Leia mais na edição impressa ou digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias