Assembleia Geral termina em gritos e contestação devido a patrocínio (vídeo)

Bayern Munique 10:18
Por Redação

O Bayern não atravessa período fácil no relvado, com muitas baixas, mas as coisas também não estão fáceis na relação com os adeptos.  A Assembleia Geral de quinta-feira, que após mais de cinco horas terminou já de madrugada, terminou em conflito entre direção e associados, apesar de terem estado apenas 780 dos 292 mil sócios.

 

Em causa o facto de a proposta de um sócio para o clube não renovar o contrato de patrocínio com a Qatar Airways, devido à violação de direitos humanos no país, não ter sido colocada a votação, por decisão dos dirigentes e validada por tribunal.

 

Tudo ficou pior quando outra proposta, para que o Bayern se identifique com «direitos humanos internacionalmente reconhecidos», foi aprovada com 77,8 por cento, mas votos contra de todos os dirigentes. A AG terminou abruptamente, por decisão do presidente Herbert Hainer, que ouviu gritos de «Hainer fora» e «Nós somos o Bayern e vocês não», quando vários sócios ainda queriam falar. Um deles acabou por fazer mesmo o seu discurso na plateia.

 

 

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias