Conor Coady recordou choque que quase terminou com a carreira de Raúl Jiménez

Wolverhampton 22-11-2021 20:33
Por Redação

Foi há quase um ano que o ex-Benfica e avançado do Wolves Raúl Jiménez sofreu uma fratura no crânio, numa colisão com o também ex-Benfica e que atua ao serviço do Arsenal, David Luiz.

 

O capitão do Wolverhampton, Conor Coady, que estava bastante próximo de Jiménez quando se lesionou, referiu, em declarações à BBC Sport, as suas evidentes preocupações ao ouvir o choque de cabeças e falou ainda da difícil recuperação do seu companheiro de equipa.

 

«Estava mesmo ao lado do Raúl quando aconteceu. Ele estava inconsciente e, de imediato, sabia que era mau. Ele estava a sangrar do nariz», começou por revelar Coady.

 

«Foi a pior situação em que já estive envolvido na minha vida, ao ver um amigo assim. Mas a nossa equipa médica é absolutamente fantástica e fizeram um trabalho formidável», acrescentou ainda.

 

Conor Coady recordou depois o regresso aos relvados do companheiro Raúl Jiménez: «Nunca esquecerei quando o vi pela primeira vez depois de tudo. Foi um momento bonito.»

 

«Estávamos a treinar na altura e ele tinha acabado de chegar. Ele estava a conversar e estava, bem, estava normal. Foi simplesmente maravilhoso de se ver. Foi quando soube que o tínhamos de volta. Naquele momento, eu e o resto dos rapazes não queríamos saber de futebol e se ele alguma vez voltasse a jogar. Estávamos gratos e felizes por ele estar ali, a falar, a sorrir. Podíamos ver que estava bem.»

 

O capitão dos Wolves recordou também o momento em que o avançado mexicano voltou a jogar pelo clube: «Ao vê-lo de volta a este nível e nesta condição, senti orgulho acima de tudo porque o conheço há muito tempo e, obviamento, sei pelo que ele passou.»

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias